Ao lado do irmão caçula, Djokovic conquista vitória inédita em Pequim

São Paulo, SP

06/10/15 | 14:55

Pela primeira vez no circuito profissional, o sérvio Novak Djokovic dividiu a quadra com o caçula Djordje, de 20 anos. A dupla estreou nesta terça-feira no ATP 500 de Pequim, na China, e venceu o acirrado duelo contra o chinês Gong Mao-Xin e o neo-zelandês Michael Vénus por 2 sets a 1, com parciais de 7-6 (7/5), 6-7 (6/8) e 10-5, após 1h45 de embate.

Embora a parceria com o irmão mais novo seja inédita, o número 1 do ranking já havia atuado ao lado de outro irmão, Marko. Aos 24 anos, o tenista chegou à 581ª posição do ranking da ATP em 2012, mas não defende pontos há um ano. O triunfo dos irmãos Djokovic, porém, é inédito: o primogênito jamais havia vencido ao lado do irmão do meio.

O resultado leva o melhor tenista do mundo e o 1502º do ranking às quartas de final do torneio disputado no piso rápido. Os adversários dos sérvios serão o canadense Vasek Pospisil e o norte-americano Jack Sock, que passaram pelos italianos Simone Bolelli e Fabio Fognini por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7-5), 2/6 e 11-9.

Também foi Bolelli o adversário do líder do ranking na estreia da chave simples. Rumo ao hexacampeonato e invicto nas 25 partidas que disputou na competição chinesa, o sérvio despachou o italiano com duplo 6/1 e avançou às oitavas de final, nas quais enfrenta o local Ze Zhang. Número 219 do mundo, Zhang eliminou o quali uzbeque Denis Istomin (70º) por 2 sets a 1 (6/3, 1/6 e 6/3).

'Irmãos Djokovic' estrearam com vitória no piso rápido chinês (foto: Goh Chai Hin/AFP)
'Irmãos Djokovic' estrearam com vitória no piso rápido chinês (foto: Goh Chai Hin/AFP)

Deixe seu comentário