Futsal

Vander mira aposentadoria no Timão e classifica final como “teste para cardíaco”

André Garda - São Paulo , SP
07/12/2018 10:00:52

Em: Futsal

Com muita emoção e com o Magnus quase marcando gol no fim, o Corinthians conquistou seu 12º título da Liga Paulista de futsal nesta quarta-feira. Um dos jogadores mais experientes do Alvinegro, Vander Carioca comemorou o feito e ainda avaliou a grande decisão como um “teste para cardíaco”.

“Foi um dos jogos mais difíceis que eu já participei. Envolvia muitas coisas. Era a despedida do Falcão, nosso maior ídolo de todos os tempos. Eu vinha jogando pouco, a idade chega e é complicado, o (treinador) André (Bié) vinha me utilizando pouco, mas eu sabia que não podia desistir. Infelizmente não fizemos um bom jogo, mas sabíamos que ainda tinha a prorrogação. Foi teste para cardíaco, que sofrimento. No Corinthians é assim. Nunca foi fácil. Estou muito feliz”, declarou o pivô à Gazeta Esportiva.

Além disso, Vander Carioca declarou que a expulsão de Éder Lima no segundo tempo da prorrogação ajudou o Timão e ainda deixou claro que pretende seguir na equipe do Parque São Jorge para se aposentar vestindo as cores do Corinthians.

“Futsal é complicado, o jogo se decide em segundos. (A expulsão) facilitou porque mesmo sem o gol a gente controlou por a partida por mais dois minutos. Foi bom demais ganhar mais um título com essa camisa, o quarto em três anos”, afirmou.

“Tenho uma reunião com a diretoria amanhã e a minha intenção é terminar minha carreira aqui. Espero que amanhã eu chegue em um acordo e renove o contrato”, completou Vander Carioca.