Federação francesa de patinação elege nova presidente após escândalo sexual

São Paulo, SP

14-03-2020 20:19:15

A ex-campeã de patinação no gelo, Nathalie Péchalat, foi eleita neste sábado a nova presidente da Federação Francesa de Esportes no Gelo (FFSG), substituindo Didier Gailhaguet, que foi forçado a renunciar no início de fevereiro após o escândalo de violência sexual que abalou esse esporte.

A votação deste sábado em Paris ocorreu em meio a confusão, com os outros três candidatos pedindo seu adiamento devido à pandemia de coronavírus.

Nathalie Péchalat é a nova presidente (Foto: François Guillot/AFP)

Péchalat, de 36 anos, obteve de acordo com a contagem do FFSG uma maioria absoluta no primeiro turno, com 504 votos em 872 possíveis. O outro candidato registrado, Gilles Jouanny, explicou à AFP que não pôde viajar devido a um caso de coronavírus no prédio onde mora.

Os outros dois candidatos haviam se retirado antes da votação.

Gailhaguet esteve à frente da federação de 1998 (exceto no período entre 2004 e 2007) até fevereiro passado, quando foi forçado a deixar seu sexto mandato.

Várias ex-patinadoras, incluindo a ex-campeã Sarah Abitbol, revelaram ter sido vítimas de agressões sexuais, cometidas por diferentes treinadores, quando eram adolescentes.

Nathalie Péchalat, bicampeã europeia (2011 e 2012) e bronze mundial duas vezes (2012 e 2014) é a primeira mulher presidente da FFSG.

Deixe seu comentário