Cenário político causa discussão entre atletas brasileiras

São Paulo, SP

18-05-2017 14:04:27

O turbulento momento político que atravessa o Brasil chegou a influenciar nesta quinta-feira personagens do esporte nacional. Por meio de suas páginas oficiais do twitter, a ex-jogadora de vôlei Ana Paula e a nadadora Joanna Maranhão brigaram por conta de divergências em suas opiniões políticas.

A confusão se deu devido ao apoio que Ana Paula já manifestou a favor de Aécio Neves, senador, presidente do PSDB e candidato a presidência do Brasil nas eleições de 2014. A ex-atleta fez campanha a favor da eleição de Aécio, que acabou sendo derrotado por Dilma Rousseff.

Como Aécio é alvo de delação da Operação Lava Jato revelada na última quarta-feira, Joanna Maranhão, que não apoia o senador, provocou Ana Paula com uma mensagem: "Oi Ana Paula, percebi que você apagou os posts do Aécio, queria saber se está tudo bem?", publicou a nadadora.

Em resposta, Ana Paula foi áspera: "Não apaguei, Joanna, está lá. Tenho o caráter e a decência de dizer que quem é corrupto deve pagar. E você? Vamos lá, tente, vença alguma coisa na vida".

A briga se estendeu com nova resposta da nadadora: "Tens razão, sou uma sem decência fracassada. Disputa de curriculos, isso é muito maduro e progressista".

"Pode chorar, não me preocupo, apesar dos pesares sei que você sabe nadar e não vai se afogar nas suas lágrimas", rebateu a medalhista olímpica de vôlei.

Na sequência, Joanna se queixou da postura adotada por Ana Paula, que atacou a trajetória profissional da nadadora em uma discussão no âmbito político. "A 'lógica' do atleta de alto rendimento que classifica capacidade de argumentação baseado em resultados do esporte: arrogância e ignorância. Seria mais ou menos assim: quem nada mais devagar do que eu não tem direito de opinar, só se chegar na minha frente?", publicou.

Ana Paula e Joanna Maranhão brigaram pelo twitter - Foto: Reprodução/Twitter

Deixe seu comentário