Russos são autorizados a competir como "neutros" no atletismo

AFP - São Paulo,SP

01-05-2021 13:00:26

Quatro atletas russos, incluindo a tricampeã mundial de salto em altura Mariya Lasitskene, receberam autorização para competir internacionalmente como "neutros", disse a World Athletics, a federação internacional de atletismo, nesta sexta-feira, enquanto seu país é sancionado por um vasto escândalo de doping institucionalizado.

Além de Lasitskene, poderão competir as saltadoras com vara Anzhelika Sidorova (atual campeã mundial) e Aksana Gataullina, assim como o atleta do salto em altura Ilya Ivanyuk.

Portanto, eles são candidatos à seleção que participará dos Jogos de Tóquio (23 de julho a 9 de agosto), onde 10 esportistas russos poderão competir em eventos de atletismo.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

A World Athletics decidiu em março relançar o processo de atribuição do estatuto de "atleta neutro autorizado" (ANA), que permite aos russos competir sem a bandeira do seu país sob estrito respeito às regras antidoping.

Esse processo foi suspenso em novembro de 2019, já que a Federação Russa de Atletismo (Rusaf) foi acusada de ter ajudado o saltador de altura Danyl Lysenko a entregar documentos falsos para justificar o não cumprimento de suas obrigações de locação para controles de doping.

A Federação Russa está suspensa das competições de atletismo desde novembro de 2015, quando um sistema de doping institucionalizado foi revelado.

Deixe seu comentário