Sem reservas, Corinthians busca substituto para Fagner na direita

Tomás Rosolino - São Paulo , SP
22/05/2017 16:33:50

Em: Brasileiro Série A, Corinthians, Futebol
Fagner ficará três jogos fora com a Seleção (Foto: MoWA Press)

O Corinthians vive certa tensão com a lesão do zagueiro e a espera por Pablo, que deve retornar contra o Atlético-GO, neste domingo, mas a lateral direita é o motivo de maior preocupação para a comissão técnica neste momento. Sem os reservas Léo Príncipe e Mantuan, machucados, o clube busca alternativas para a iminente ausência de Fagner, que estará com a Seleção Brasileira nos jogos contra Vasco, São Paulo e Cruzeiro.

O último jogo em que o técnico Fábio Carille terá o camisa 23 à disposição será no dia 3 de junho, um sábado, contra o Santos, no estádio de Itaquera. Depois, ele se apresenta a Tite para os amistosos contra Argentina, no dia 9, e Austrália, no dia 13, ambos em Melbourne-AUS. Dessa forma, sua presença está descartada para encarar os cariocas (7 de junho), o Tricolor (11 de junho) e a Raposa (14 de junho).

Nesta temporada, Léo Príncipe vinha sendo acionado para o setor, mostrando bom desempenho em partidas recentes, como as duas contra a Universidad de Chile, pela Sul-Americana. Justamente contra os chilenos, porém, ele sentiu uma lesão no músculo posterior da coxa direita e, de acordo com a previsão do departamento médico, poderia voltar apenas daqui três semanas, após a ausência de Fagner.

Alçado ao time profissional e um dos destaques da Copa São Paulo de Futebol Júnior, Guilherme Mantuan poderia receber uma chance, mas também não está disponível. Ele passou por uma artroscopia no joelho esquerdo para corrigir um problema na cartilagem, ficando disponível para voltar apenas no começo de julho, somando mais uma baixa para Carille.

Dentro do elenco, o comandante já tentou soluções com Paulo Roberto, que não deixou boa impressão no segundo tempo da partida no Chile, levando inclusive um drible desconcertante no gol do rival. Warian, volante de origem, que foi relacionado pela primeira vez na temporada na partida frente ao Vitória, em Salvador, também treinou em algumas ocasiões no setor.

Outro que já exerceu a função foi Gabriel, mas quando ainda era jogador do Palmeiras. Na última rodada do Campeonato Brasileiro do ano passado, por exemplo, ele atuou como lateral e até fez um gol no triunfo por 2 a 1 do arquirrival, àquela altura já campeão, sobre o mesmo Vitória. Seu deslocamento, porém, forçaria outra mudança, já que o camisa é titular absoluto na proteção da defesa.

Cicinho é a alternativa

Para não precisar de mudanças drásticas, Carille torce para que a diretoria consiga convencer o Ludogorets-BUL a emprestar o quanto antes o lateral direito Cicinho. A negociação, que é vista com otimismo pela direção, depende de um acerto entre os europeus e o brasileiro para a extensão do vínculo, atualmente válido até o meio do ano que vem, antes de emprestá-lo ao Timão pelo mesmo período.

Confirmado para a disputa da Copa da Bulgária, nesta quarta-feira, entre sua equipe e o Botev Plodiv, o atleta deve ser liberado logo na sequência para viajar ao Brasil. Primeiramente ele passará férias, mas o mais provável é que sua cessão seja agilizada e ele possa ajudar Carille logo de cara no Alvinegro. Até o momento, porém, ainda não há alternativas dentro do elenco para a posição.