Gazeta Esportiva

Modesto Roma confessa falta de manutenção no gramado da Vila

São Paulo, SP

24/11/15 | 13:05 - 24/11/15 | 13:24

Presidente do Peixe lamentou a falta de manutenção na grama do estádio de 2014 para 2015 (Foto: Ricardo Saibun/Santos)
Presidente do Peixe lamentou a falta de manutenção na grama do estádio de 2014 para 2015 (Foto: Ricardo Saibun/Santos)

 

O gramado da Vila Belmiro virou tema de discussão para a decisão desta quarta-feira entre Santos e Palmeiras. O próprio Peixe reconhece a situação ruim do campo. O presidente Modesto Roma Jr revela que a falta de manutenção prejudicou o local.

“Eu estou tranquilo. O gramado do Santos, entre as temporadas de 2014 para 2015, não sofreu a manutenção necessária. Pegamos o clube com condições complicadas. Essa manutenção precisa ser anual. A falta dela uma hora grita e está gritando agora. A empresa responsável está trabalhando muito para deixar o gramado em ordem na quarta-feira”, comentou, em entrevista à Rádio Bradesco Esportes.

A arbitragem, no entanto, é um ponto de tranquilidade para o Peixe.  Modesto Roma Jr se mostrou satisfeito com a escalação de  Luiz Flávio de Oliveira para a decisão. “Árbitro paulista, a gente confia muito, sabemos que a arbitragem paulista é comandada com muita sabedoria. O Luiz é muito bom árbitro, bem preparado, como o Raphael Claus. Ele tem competência e precisa ter sorte de não errar”, declarou Modesto.

Sobre o desempenho da equipe santista nos últimos jogos e a escalação sem a presença de todos os titulares, o que acabou custando alguns pontos no Campeonato Brasileiro, o dirigente defendeu que o rodízio era necessário pelo desgaste, além de ser feito para dar prioridade a busca do título da Copa do Brasil.

“Acho que opção técnica, entendo que é um momento final de temporada, desgastante, o Santos foi campeão paulista, próximo ao G4 e na final da Copa do Brasil. Se vamos conseguir objetivos, vamos ver. São jogos que não existem favoritos, temos que respeitar todos os adversários. Vamos dar nosso maior esforço para conquistar o título”, opinou o presidente.

 

Deixe seu comentário