Santos espera análise de Dorival para investir em Camacho

Do correspondente Vitor Anjos - Santos,SP

30-12-2016 11:49:41

Durante sua viagem a Assunção, no Paraguai, para o sorteio da Copa Libertadores da América de 2017, o presidente do Santos Modesto Roma Júnior ouviu negativas de Atlético-MG e Atlético-PR para as contratações de Cazares e Marcos Guilherme, respectivamente. Apesar de perder os dois atletas, o mandatário voltou ao Brasil com o nome de Néstor Camacho, que atualmente defende o Guaraní (PAR) e teve passagem pelo Avaí em 2015.

O meia foi oferecido diretamente ao presidente santista, que mostrou interesse no jogador e apresentou seu nome ao técnico Dorival Júnior. Até o momento, porém, não foi iniciada nenhuma negociação com a equipe paraguaia.

Modesto entende que só deve apresentar alguma proposta após o treinador aprovar Camacho. O comandante, por sua vez, gosta de analisar minuciosamente cada atleta antes de liberar a diretoria para negociar. Por conta disso, o Peixe só irá buscar um acordo com o Guaraní após o Réveillon. O mesmo vale para o meia argentino Mauro Formica, do Newell’s Old Boys, que segue sendo analisado por Dorival.

Aos 29 anos, o Camacho tem mais dois anos de contrato com o clube paraguaio e foi um dos destaques do clube campeão local, com 18 gols marcados em 43 partidas disputadas na última temporada. No começo deste ano, o treinador santista indicou o meia ao Santos. Na época, a diretoria chegou a negociar com os representantes do atleta, que seria um possível substituto de Lucas Lima.

Porém, as partes não chegaram a um acordo e o meia acabou acertando com o Guaraní. Em 2015, Camacho havia disputado o Campeonato Brasileiro pelo Avaí e também foi um dos destaques, mesmo com o rebaixamento do clube à Série B.

Até o momento, o Peixe já contratou o zagueiro Cleber, do Hamburgo, o volante Leandro Donizete, do Atlético-MG, o lateral-direito Matheus Ribeiro, do Atlético-GO e o atacante Vladimir Hernández, do Junior Barranquilla, da Colômbia

Deixe seu comentário