Vítima da covid-19, goleiro da Tuquia em 2002 se recupera e revela que subestimou a doença

São Paulo, SP

12-04-2020 11:29:44

Depois de testar positivo para o novo coronavírus, Rustu Recber, goleiro da seleção da Turquia na Copa do Mundo de 2002, detalhou sua trajetória até a recuperação plena. Aos 46 anos de idade, o ex-jogador do Barcelona classifica a luta contra a covid-19 como uma das mais difíceis da sua vida e revelou ter subestimado a doença.

"No primeiro dia tive apenas uma leve dor de garganta, no segundo tive febre, mas não excedi os 37.5 graus. Ainda assim, entrei em contato com o meu médico que me disse para começar a tomar alguns analgésicos. Também acabei perdendo o apetite, olfato e paladar, além de ter desenvolvido uma tosse estranha", comentou arqueiro, em entrevista concedida ao jornal Tutto Mercato Web.

Em seguida, o ex-jogador voltou a descrever os sintomas do novo coronavírus e anunciou que já está em casa.

"Tenho que admitir que no início subestimei a coisa por achar que se tratava de uma simples gripe. Mas depois a febre continuava subindo... comecei a ficar realmente preocupado e fui para o hospital. Foi uma das batalhas mais difíceis da minha vida. O meu corpo estava enfraquecido. Tive que enfrentar um tratamento muito pesado mas, felizmente, o pior já passou e estou em casa", completou.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário