Paralisação faz com que Iniesta considere adiar aposentadoria

São Paulo, SP

17-04-2020 14:00:40

Diante das incertezas acerca de quando a pandemia do novo coronavírus estará controlada, a carreira de Andrés Iniesta pode ser estendida para além de 2021, ano no qual seu contrato com o Vissel Kobe chega ao fim. Isso porque, em entrevista concedida ao jornal Marca, o meio-campista falou que está descansado durante o confinamento.

“Queremos jogar e fazer todos felizes novamente. Veremos. Essa pausa me dá força para tentar estender minha carreira profissional, mas agora a única coisa em que estamos pensando é superar essa situação complicada”, contou, acrescentando sobre a necessidade de se manter na forma ideal.

“O futebol foi relegado a segundo plano, mas tento permanecer fisicamente forte pelo tempo em que precisamos jogar novamente. Não sabemos exatamente quando será”, completou.

Questionado a respeito da possibilidade de se tornar treinador depois de pendurar as chuteiras, Iniesta não descartou.

“A ideia está lá, mas até que eu pare de jogar futebol, será difícil para mim tentar obter minha licença. Enquanto isso, tenta-se continuar aprendendo e viver situações que podemos usar para aprender. Quanto às referências, tenho uma pequena ideia do jogo que quero, que sempre joguei no mesmo clube. Mas vamos ver. Ainda há muito tempo para sentar em um banco de reservas”, finalizou.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário