Gazeta Esportiva

Fifa levanta suspensão da Federação de Futebol do Quênia

AFP - São Paulo,SP

28/11/22 | 15:45

A Fifa levantou a suspensão da Federação de Futebol do Quênia (FKF) após a decisão do governo local de refazer o órgão depois de sua dissolução por suspeitas de corrupção. O anúncio foi realizado pelo ministro dos Esportes nesta segunda-feira.

Uma carta da Fifa, datada desta segunda-feira e consultada pela AFP, indica que “decidiu em 25 de novembro de 2022 levantar a suspensão da FKF com efeito imediato”.

Em fevereiro, a instituição que governa o futebol mundial suspendeu a FKF, evocando a interferência do governo depois que as autoridades fecharam a organização no ano passado por acusações de corrupção.


Em novembro, o ministro dos Esportes, Ababu Namwamba, anunciou que a federação seria reformulada, enquanto alertou o ex-gerente Nick Mwendwa, que enfrenta acusações de corrupção, a não retornar à FKF até o final do caso.

Namwamba disse à imprensa em Nairóbi que se reuniu com autoridades da Fifa no Catar para discutir a suspensão. “Gostaria de expressar minha felicidade pelo retorno do Quênia ao cenário do futebol internacional”, disse.

“Estou feliz que a Fifa tenha indicado claramente que certos problemas de integridade, responsabilidade e boa governança no futebol serão resolvidos e que as investigações judiciais continuarão”, acrescentou.

A FKF foi dissolvida em novembro de 2021 após uma investigação sobre suas finanças ter revelado que ela não havia prestado contas dos fundos recebidos do governo e de outros patrocinadores. Seu chefe, Nick Mwendwa, foi preso no mesmo mês.

Este caso foi encerrado sem solução por falta de provas, mas Mwendwa voltou a ser preso em julho de 2022 sob novas acusações de desvio de 38 milhões de xelins (R$ 1,7 milhão).

Deixe seu comentário