Futebol Feminino

Em reedição da final de 2011 da Copa do Mundo de futebol feminino, Estados Unidos e Japão decidem a competição neste domingo, às 20h (de Brasília), no Estádio BC Place em Vancouver, no Canadá. No último confronto, as equipes empataram em 2 a 2 no tempo regulamentar, mas as japonesas levaram a melhor nos pênaltis e ergueram o então inédito troféu.

Na volta a campo para a disputa do terceiro lugar, a Inglaterra conseguiu levar a melhor sobre a equipe da Alemanha no Commonwealth Stadium, em Edmonton, Canadá. O gol que trouxe a vitória para as inglesas saiu aos três minutos do segundo tempo da prorrogação, num pênalti convertido por Williams.

Atual campeão mundial, o Japão irá defender seu título na decisão da Copa do Mundo de futebol feminino. Para avançar à final, a representação asiática superou nesta quarta-feira a Inglaterra por 2 a 1 na semifinal da competição, sediada no Commonwealth Stadium, em Edmonton, no Canadá.

A seleção dos Estados Unidos está mais uma vez na final da Copa do Mundo de futebol feminino. Nesta terça-feira, as norte-americanas bateram a Alemanha por 2 a 0 no Estádio Olímpico de Montreal e decidirão o título mundial pela segunda vez consecutiva, a quarta em sua história.

Alemanha e Estados Unidos foram as primeiras seleções classificadas para as semifinais da Copa do Mundo de Futebol Feminino, realizada no Canadá. As alemãs precisaram derrotar a França nos pênaltis, nesta sexta-feira, antes de comemorar a vaga, enquanto as americanas venceram a China por 1 a 0 no tempo regular. Com os resultados, as duas equipes se enfrentarão na fase seguinte do Mundial em partida realizada na próxima terça-feira.

Bicampeã mundial, a Alemanha quer superar a campanha da última Copa do Mundo de futebol feminino. Na ocasião, a seleção foi eliminada nas quartas de final do evento e abandonou o sonho do tricampeonato. Nesta sexta-feira, o Die Nationalelf não quer repetir a performance do torneio de 2011 e almeja passar às semifinais no duelo contra a França, às 17 horas (de Brasília), no Estádio Olímpico de Montreal, no Canadá.

Atual campeã do Mundial de futebol feminino, a seleção japonesa avançou para as quartas de final após despachar a Holanda por 2 a 1 na madrugada desta quarta-feira, no estádio BC Place Stadium, em Vancouver. Favoritas, as nipônicas seguem invictas na busca do bicampeonato.

Após o Brasil ser eliminado pela Austrália nas oitavas de final da Copa do Mundo feminina, disputada em Moncton, no Canadá, vendo o sonho do título mundial inédito mais uma vez cair por terra, a jogadora Marta, camisa 10 da Seleção, evitou lamentar a desclassificação. Visando a disputa do Pan-Americano, que acontecerá também no Canadá, a partir de 11 de julho, a atleta vê a competição como chance de recuperar a confiança do grupo.

Bicampeão mundial, os Estados Unidos seguem avançando na Copa do Mundo de futebol feminino. Nesta segunda-feira, a seleção norte-americana superou a Colômbia por 2 a 0 em duelo válido pelas oitavas da competição e avançou às quartas de final da competição sediada no Canadá.

Além da Austrália, que eliminou a Seleção Brasileira, a Copa do Mundo de futebol feminino conheceu mais duas equipes classificadas para as quartas de final neste domingo. Canadá e França avançaram com vitórias sobre Suíça e Coreia do Sul, respectivamente.

Mais na web