Futebol feminino

Bélgica é o décimo país interessado em sediar Copa feminina em 2023

São Paulo , SP
19/08/2019 15:45:42

Em: Copa do Mundo Feminina, Futebol, Futebol Feminino, Notícias

A Copa do Mundo feminina da França, um sucesso de público e audiência, mal acabou e dez países já estão interessados em sediar a próxima edição, que acontecerá em 2023 e contará com 32 seleções. A Bélgica completou a décima candidatura, conforme anunciado pela Fifa nesta segunda-feira.

Bélgica foi o décimo país a mostrar interesse para sediar Copa feminina (Foto: CHRISTOPHE SIMON/AFP)

O país anfitrião será designado apenas em maio do ano que vem, mas as federações têm até o dia 2 de setembro de 2019 para confirmar seu interesse e até o dia 13 de dezembro do mesmo ano para apresentar seu dossiê de candidatura.

No final de julho, a Fifa havia anunciado que diante do sucesso “estrondoso” do Mundial de 2019 na França e “para favorecer o crescimento do futebol feminino”, seu Conselho decidiu ampliar o formato de 24 para 32 equipes, já a partir da próxima edição.

Nove países já se declararam oficialmente interessados em sediar a competição, são eles Austrália, Brasil, Argentina, Bolívia, Colômbia, Japão, África do Sul, Nova Zelândia e Coreia do Sul (provavelmente em parceria com a Coreia do Norte).