Flamengo homenageia Paulinho pelos 100 jogos com a camisa do clube

Gazeta Press - Rio de Janeiro,RJ

15-09-2015 12:02:57

Autor de um belo gol na vitória de 3 a 1 sobre a Chapecoense, no domingo, o atacante Paulinho foi homenageado pelo Flamengo na manhã desta terça-feira, após treino no Ninho do Urubu. O jogador recebeu das mãos do presidente Eduardo Bandeira de Mello uma camisa comemorativa pelos cem jogos defendendo o time da Gávea, marca que atingiu diante dos catarinenses. O dirigente lembrou que o atleta chegou desacreditado ao clube.

“O Paulinho chegou ao clube em dois mil e treze em um momento que ninguém dava nada por ele. De lá para cá só nos deu alegrias e por isso esse momento é muito marcante”, disse o dirigente.

Paulinho se mostrou emocionado com a homenagem: “Espero permanecer aqui por muitos e muitos anos, conquistar a Libertadores, o Campeonato Brasileiro”.

O jogador lembrou seu momento mais complicado, em setembro de 2014, quando teve uma lesão no joelho que o levou a uma cirurguia e o afastou dos gramados: “Operar o joelho naquele momento foi um baque para mim e chorei muito. Diretoria e comissão técnica tiveram muita paciência comigo. Acreditaram em mim e me deram confiança”.

O atacante falou ainda sobre o técnico Oswaldo de Oliveira, além de comentar o golaço contra a Chapecoense, quando pegou um chute de primeira e abriu o placar: “É um excelente treinador. Conversou comigo, me levantou e estou rendendo”, declarou. “Na hora do chute não acreditei que tinha acertado, que a bola tinha entrado. Fiquei surpreso, mas sem dúvida que foi meu gol mais bonito”, completou.

Paulinho foi revelado nas categorias de base do Flamengo-SP e depois atuou pelo XV de Piracicaba. O jogador, que teve uma rápida passagem pelo futebol da Bulgária, onde defendeu o Ludogorets Razgrad, foi contratado pelo Flamengo em 2013 e logo naquele ano se destacou na conquista do título da Copa do Brasil, formando dupla de ataque com Hernane Brocador. No ano seguinte ganhou o título carioca.

Deixe seu comentário