Fifa anuncia banimento de dois dirigentes sul-americanos

São Paulo, SP

06-05-2016 10:22:27

(Foto: Guillermo Legaria/AFP)
Luis Bedoya renunciou à presidência da Federação Colombiana de Futebol após declarar-se culpado à justiça estadunidense (Foto: Guillermo Legaria/AFP)

Na manhã desta sexta-feira, o Comitê de Ética da Fifa anunciou o banimento de dois dirigentes do futebol sul-americano: o chileno Sergio Jadue, ex-presidente da Federação Chilena e ex vice-presidente da Conmebol, e o colombiano Luis Bedoya, ex vice-presidente da Conmebol e ex-membro do Comitê Executivo da Fifa. Ambos estão banidos de qualquer atividade relacionado ao futebol.

Os dois dirigentes assumiram culpa à justiça dos Estados Unidos em dezembro de 2015. Bedoya se declarou culpado por crimes de associação ilícita e fraude, enquanto Jadue admitiu fazer parte do escândalo de subornos que acometeu a entidade máxima do futebol mundial.

Segundo comunicado divulgado pela Fifa, o banimento afeta toda e qualquer ligação com o esporte, seja na parte administrativa, esportiva ou qualquer outra, nacional ou internacionalmente.

Tanto Bedoya - então presidente da Federação Colombiana de Futebol - quanto Jadue renunciaram a seus postos antes das investigações, no ano passado. O chileno, inclusive, também é investigado pelas autoridades do país andino por crimes de lavagem de dinheiro.

Deixe seu comentário