Gazeta Esportiva

De virada, Swansea vence Manchester United e mantém freguesia

São Paulo, SP

30/08/15 | 13:57

Manchester United's Italian defender Matteo Darmian (L) and Manchester United's English striker Wayne Rooney (R) challenge Swansea City's French striker Bafetimbi Gomis (C) during the English Premier League football match between Swansea City and Manchester United at The Liberty Stadium in Swansea, south Wales on August 30, 2015. AFP PHOTO / PAUL ELLIS RESTRICTED TO EDITORIAL USE. No use with unauthorized audio, video, data, fixture lists, club/league logos or 'live' services. Online in-match use limited to 75 images, no video emulation. No use in betting, games or single club/league/player publications.
Atacante Gomis (c) marcou o gol da vitória dos galeses sobre o "freguês" United (Foto: Paul Ellis/AFP)

A grande pedra no sapato do Manchester United no Campeonato Inglês continua sendo o Swansea City. Neste domingo, fechando a quarta rodada do torneio, os Diabos Vermelhos perderam para a equipe de País de Gales por 2 a 1, de virada, no Liberty Stadium, em Swansea, e chegaram ao terceiro revés consecutivo para os galeses.

Na última temporada, o Swansea havia vencido duas vezes o United, tanto em Gales como em Manchester, pelo mesmo placar. Desta vez, André Ayew e Gomis foram os heróis da vitória de virada. Juan Mata, melhor em campo do lado dos visitantes, foi o responsável pelo gol que abriu o placar.

Na próxima rodada, o United, que segue com sete pontos em quinto lugar, tenta a recuperação no Dérbi do Noroeste contra o Liverpool, no Old Trafford. Já o Swansea joga fora de casa contra o Watford. Os Swans, com o placar, chegaram à sexta colocação, com oito pontos.

O jogo – O United começou melhor a partida, mantendo a posse de bola e sufocando os mandantes. Aos 21, o time de Louis Van Gaal teve a melhor chance da primeira etapa. Juan Mata recebeu totalmente livre na borda direita da área, cortou para o meio e bateu à esquerda do goleiro Fabianski.

O Swansea equilibrou a partida nos minutos seguintes e ensaiou uma pressão. Dentro da área, Sigurdsson aproveitou sobra de bola e bateu muito perto da trave direita. No minuto seguinte, Shelvey aproveitou bobeada do goleiro Romero e bateu de esquerda, mas o argentino se recuperou e defendeu.

Pouco depois, mais Swansea. Desta vez, Gomis recebeu dentro da área, fez bela jogada individual e bateu na trave direita de Romero. O domínio do time galês nos minutos finais da etapa inicial, no entanto, não se transformou em gols.

O United aproveitou e, logo aos quatro do segundo tempo, abriu o placar. O lateral Shaw cruzou da esquerda e Mata, no segundo pau, empurrou para as redes. No lance seguinte, mais Manchester: Depay crozu da direita, Williams tentou tirar e por pouco não jogou contra a própria meta.

O momento era todo dos Diabos Vermelhos. Aos 14 minutos, Juan Mata tentou mais uma vez após receber de Herrera dentro da área, mas pegou mal na bola e Fabianski defendeu com tranquilidade.

As chances perdidas foram punidas. Aos 16 minutos, o Swansea roubou uma bola na defesa e saiu em velocidade Sigurdsson recebeu na direita, cruzou e André Ayew cabeceou no canto direito de Romero para empatar.

Embalados, os galeses passaram a pressionar e chegaram à virada aos 21 minutos. Ayew deu um passe monumental de três dedos, achou Gomis na área e o francês bateu por baixo de Romero, levando à loucura o torcedor no Liberty Stadium.

Com a vantagem, o Swansea passou a administrar o placar com poucos sustos. O maior deles aos 42, quando Rooney recebeu livre dentro da área e foi desarmado na hora H pelo zagueiro Williams.

Confira todos os resultados da 4ª rodada do Campeonato Inglês:

Newcastle 0 x 1 Arsenal
Aston Villa 2 x 2 Sunderland
Bournemouth 1 x 1 Leicester City
Chelsea 1 x 2 Crystal Palace
Liverpool 0 x 3 West Ham
Manchester City 2 x 0 Watford
Stoke City 0 x 1 West Bromwich
Tottenham 0 x 0 Everton
Southampton 3 x 0 Norwich City
Swansea City 2 x 1 Manchester United

 

Deixe seu comentário