Com gols de reservas em vitória, Flamengo comemora força do elenco

Gazeta Press - Rio de Janeiro,RJ

05/10/15 | 12:19 - 05/10/15 | 12:20

Reservas brilharam no momento certo e ajudaram o Fla a assegurar vitória (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Reservas brilharam no momento certo e ajudaram o Fla a assegurar vitória (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

O Flamengo quebrou a série de três derrotas consecutivas ao vencer o Joinville por 2 a 0 no Maracanã. E o resultado foi construído graças a atletas que passaram a maior parte da temporada no banco de reservas. O lateral-direito Ayrton abriu o placar em uma cobrança de falta. Ele só jogou por conta de Pará, então titular absoluto, estar entregue ao departamento médico. O segundo tento foi anotado pelo meia Gabriel, que ganhou a primeira oportunidade com o técnico Oswaldo de Oliveira entrando aos 33 minutos do segundo tempo e anotando um minuto depois o seu gol.

A força dos jogadores que estavam na reserva foi algo muito comemorado pelos flamenguistas, em especial por Oswaldo.

“O importante em uma competição como é o Campeonato Brasileiro é você ter a força do elenco e isso temos. O Gabriel é um jogador que já conhecia de enfrentar e sei de suas qualidades. Por isso não posso dizer que vou passar a contar com ele, pois sempre contei com ele, mas ainda não tinha tido uma oportunidade. O Ayrton é um jogador que se dedica demais aos treinos, trabalha muito essa questão de bola parada e dos chutes de fora. Na semana passada, com essa chance de jogar, treinou ainda mais cobranças de faltas e acabou premiado com o gol. Fiquei muito feliz que ele conseguiu” comemorou Oswaldo.

Gabriel também é só entusiasmo com o gol.

“No futebol você precisa estar sempre atento. Nunca questionei as preferências do Oswaldo, pois sei que a minha oportunidade ia aparecer. No Campeonato Brasileiro, por ser longo, infelizmente perdemos jogadores por conta de cartões ou de contusões. Em algum momento ia jogar. Não entendo que o meu gol vai fazer ele olhar mais para mim e sim a maneira como eu me comporto com o grupo e como eu trabalho nos treinos e quando as oportunidades aparecem. Em um clube como o Flamengo todos os jogadores devem estar preparados para entrar em campo e mostrei que estou” avisou Gabriel.

Ayrton segue a mesma linha de raciocínio: “O que conseguimos fazer em campo é reflexo daquilo que fazemos nos treinos. Eu sempre treino muito as cobranças de falta e por isso consegui pegar bem na bola no jogo. Estou feliz por ter ajudado”.

O elenco do Flamengo ganhou dois dias de folga e só se reapresenta na quarta-feira, para um dia de atividades em tempo integral. O time volta a jogar pelo Campeonato Brasileiro no dia 14 de outubro, quando visita o Figueirense às 21h, no Estádio Orlando Scarpelli, pela trigésima rodada. Antes disso, no domingo, vai a Cariacica (ES) encarar a Desportiva em um amistoso, às 16h.

Deixe seu comentário