Primeiros passos verde-amarelos

Leitura: 3 minutos

Primeiros passos verde-amarelos

Depois de uma temporada sem representantes no ano passado, Brasil começa a dar os primeiros passos para voltar ao grid da Fórmula 1

Fernanda Lucki Zalcman - São Paulo, SP 14 de março de 2019 08:00:03
 

A temporada de 2017 marcou o fim de uma era de quase 50 anos na Fórmula 1. Em 2018, foi a primeira vez desde 1970 em que a principal categoria do automobilismo não contou com a presença de pilotos brasileiros.

Um ano depois, porém, o Brasil começa a dar os primeiros passos rumo ao seu retorno à F1. Isso porque em 2019, duas escuderias terão brasileiros como seus pilotos de testes.

São elas: a Haas, com Pietro Fittipaldi; e a McLaren, com Sergio Sette Camara. O neto de Emerson inclusive já pôde correr com o carro em duas sessões de testes da pré-temporada.

Aos 22 anos, Pietro já conquistou o título da última temporada da World Series em 2017 e disputou seis provas na Fórmula Indy em 2018. A temporada passada do jovem brasileiro foi prejudicada por um acidente sofrido no circuito de Spa Francorchamps, na Bélgica, no qual ele fraturou as duas pernas. No entanto, sua recuperação foi bastante rápida e pôde voltar normalmente às pistas para encerrar o ano.

Confira o grid completo da F1 para 2019

Sette Câmara, por outro lado, ainda não teve essa oportunidade. Pelo menos em 2019, já que em 2016, ele dirigiu um F1 pela primeira vez durante um teste oficial com a Toro Rosso após o GP de Silverstone.

Agora com 20 anos, ele disse à Gazeta Esportiva que sua principal função ao longo deste ano na equipe inglesa será o desenvolvimento do carro em simulador.

Além disso, em 2019, ele correrá pelo terceiro ano seguido na Fórmula 2, principal categoria de acesso à F1, e pela primeira com o carro da equipe francesa Dams.

Curiosidade

Até os dias de hoje, 31 brasileiros disputaram a F1, sendo 27 deles desde a estreia de Emerson Fittipaldi, em 1970. Foram 48 temporadas ininterruptas com ao menos um piloto brasileiro no grid, marca esta que coloca o Brasil no mesmo patamar de Grã-Bretanha, Itália e Alemanha, principais potências na modalidade.

A última vez que o Brasil subiu ao lugar mais alto do pódio foi há quase dez anos, no GP da Itália de 2009, após uma vitória de Rubens Barrichello.

Confira todos os carros da temporada de 2019

Publicado em 14 de março de 2019 08:00:03
×

Mais especiais
Veja mais artigos interessantes que fizemos