Gazeta Esportiva

Senegal vence Catar e país-sede é eliminado na fase de grupos da Copa

São Paulo, SP

25/11/22 | 11:59 - 25/11/22 | 15:16

A seleção de Senegal venceu o Catar, nesta sexta-feira, por 3 a 1, e disputará vaga nas oitavas de final da Copa do Mundo. Com o resultado negativo, os anfitriões estão eliminados do Mundial, visto que, também nesta sexta, Holanda e Equador empataram por 1 a 1.

O resultado fez com que a seleção catárie permanecesse na lanterna da chave, já que na estreia também sofreu um revés, mas para o Equador. Pelo lado do Senegal a situação melhorou bastante. Os gols marcados por Dia, Diédhiou e Ahmadou Bamba Dieng foram os primeiros da equipe nesta edição da Copa. Com o triunfo, o time agora aparece com três pontos somados, na terceira posição.

Holanda, líder, e Equador, segundo colocado, também integram o grupo. Ambas equipes somam quatro pontos cada e podem assegurar presença no mata-mata da Copa.

A Fase de Grupos do Grupo A se encerra na próxima terça-feira. Enquanto o Catar enfrenta a Holanda às 12 horas (de Brasília), no Estádio Al Bayt, Senegal encara o Equador no mesmo horário, no Estádio Internacional Khalifa.


Primeiro tempo

Senegal foi melhor tecnicamente o tempo todo. O time precisava de paciência para buscar o jogo e conseguir achar a melhor oportunidade para abrir o placar. Só que isso foi acontecer apenas nos minutos finais.

Desde o início a seleção buscou jogo. Aos três minutos, Ismaila Sarr arrancou pela direita, invadiu a área, passou pelos marcadores e bateu rasteiro, mas a bola foi pelo lado de fora da rede.

Logo em seguida, Diedhiou fez função de pivô dentro da área, dominou e escolheu ajeitar para o companheiro, porém a zaga adversária cortou a jogada. Na sobra, Nampalys Mendy arriscou de fora da área, mas a bola passou longe.

Aos 14 minutos aconteceu a primeira chegada perigosa do Catar. A equipe chegou pela direita e cruzou na área. A bola foi afastada e, no rebote, Afif pegou de primeira muito forte.

Depois de 20 minutos um lance foi motivo de muita reclamação pelo lado da seleção catárie. Akram Afif recebeu pela direita, invadiu a área e foi derrubado por Ismaila Sarr. Os jogadores reclamaram muito, porém o juiz nada marcou e mandou o jogo seguir.

A rede foi balançada só aos 40 minutos, após uma falha bizarra da defesa do Catar. Senegal desceu para o ataque e, já dentro da área, Khoukhi tentou cortar a bola, mas errou o carrinho. Dia estava perto e aproveitou a oportunidade, chutando de direita e abrindo o placar.

Segundo tempo

As duas equipes voltaram sem modificações na escalação e, bem no começo, o time comandado por Aliou Cissé ampliou a vantagem. Após cobrança de escanteio, Diédhiou desviou de cabeça e encobriu o goleiro para marcar o segundo de Senegal.

Depois do gol sofrido o Catar cresceu um pouco, principalmente na troca de passes e recuperação de bola. Próximo dos 20 minutos, Hassan dominou e bateu para o gol, mas a bola foi para fora. A outra chance aconteceu com Ali, que na entrada da área mandou no canto direito e viu Mendy fazer ótima defesa.

O goleiro fez um milagre nos minutos seguintes. A bola foi cruzada na área, Mohamed subiu de cabeça com endereço para o alvo. Mendy, incrível, pulou para o lado e deu um tapa para afastar o perigo.

Aos 32 minutos, o Catar conseguiu diminuir a desvantagem. O time desceu com velocidade depois de Hassan lançar ao ataque, até a bola chegar aos pés de Mohammed. O jogador mandou para o meio de área e Muntari, que tinha acabado de entrar em campo, anotou o primeiro gol catari na Copa.

O Senegal respondeu rápido e matou o jogo. Ahmadou Bamba Dieng, que também saiu do banco de reservas, recebeu dentro da área, sem marcação alguma, para dominar, ajeitar o corpo e fechar a contagem.

FICHA TÉCNICA
CATAR 1 X 3 SENEGAL

Local: Al Thumama Stadium, em Doha (Catar)
Data: 25 de novembro de 2022 (sexta-feira)
Horário: 10h (de Brasília)
Árbitro: Antonio Mateu
Assistentes: Pau Cebrián Devis e Roberto Díaz Pérez Del Palomar
VAR: Alejandro Hernandes
Cartões amarelos: Ismaeel Mohammad, Homam Ahmed e Madibo (Catar); Boulaye Dia, Jakobs e Ciss (Senegal)

Gols:
Senegal: Dia, aos 40’ do 1ºT, Diédhiou, aos 3’ do 2ºT, e Ahmadou Bamba Dieng, aos 37' do 2ºT
Catar: Muntari, aos 32 do 2ºT

CATAR: Meshal Barsham; Pedro Miguel (Mohammed Waad), Ismaeel Mohammad (Ahmadou Bamba Dieng), Boualem Khoukhi, Abdelrakim Hassan e Homam Ahmed (Salman); Hassan Al Haydos (Muntari), Karim Boudiaf e Assim Madibo; Akram Afif e Almoez Ali.
Técnico: Félix Sánchez

SENEGAL: Edouard Mendy, Sabaly, Koulibaly, Jakobs (Cissé) e Diallo; Pape Gueye, Famara Diédhiou (Iliman Ndiaye) e Mendy (Pape Sarr); Diatta (Ciss), Dia e Sarr.
Técnico: Aliou Cissé

Deixe seu comentário