Gazeta Esportiva

No Catar, Zico comemora classificação do Japão: “Muitos anos que não me emociono num estádio”

São Paulo, SP

02/12/22 | 07:34

Ídolo do Flamengo, do futebol brasileiro, mas também do futebol japonês, Zico esteve no estádio Internacional Khalifa na última quinta-feira e acompanhou a vitória do Japão sobre a Espanha, que classificou os asiáticos para as oitavas de final da Copa do Mundo. Nas redes sociais, o ex-treinador dos Samurais Azuis comemorou a classificação nipônica.

“Hoje foi mais uma virada espetacular do Japão sobre a Espanha vencendo por 2x1 e classificando em 1º do grupo, onde a Alemanha foi eliminada. Estava no jogo e tem muitos anos que não me emociono num estádio de futebol”, escreveu Zico, que relembrou a sua trajetória no futebol japonês.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Arthur Antunes Coimbra (@zico)

“Passou um belo filme na minha cabeça da minha chegada no Japão em 91 para contribuir e ajudar no desenvolvimento do futebol profissional no País. Que eles continuem assim. Sucesso nessa caminhada”, completou.

A relação de Zico com o Japão teve início nos anos 1990, depois do ex-meia fazer história no Flamengo e ter passado pela Udinese, na Itália. No país asiático, ele chegou para atuar no Kashima Anthlers, entre 1991 e 1994.

Por lá, Zico cumpriu papel importante na profissionalização e na popularização do futebol entre os japoneses. Com isso, ganhou status de ídolo e chegou até a comandar a seleção do país na Copa do Mundo de 2006, na Alemanha. Naquele ano, a seleção japonesa chegou a enfrentar o Brasil na fase de grupos.

Deixe seu comentário