Gazeta Esportiva

Autor do gol de empate, Gareth Bale impede derrota do País de Gales e é eleito o melhor do jogo

São Paulo, SP

21/11/22 | 20:17

O País de Gales ficou perto da derrota na estreia da Copa do Mundo, contra os Estados Unidos, mas contou com o brilho de Gareth Bale para empatar o jogo na segunda etapa. De pênalti, o jogador marcou o primeiro gol do país europeu em um Mundial desde 1958.

O atacante, que atua pelo Los Angeles FC, dos Estados Unidos, foi responsável não só pela cobrança do pênalti, mas também foi quem sofreu a infração. Após um cruzamento rasteiro da linha de fundo, a bola chegou até Bale, que tentou dominar a bola enquanto girava. O zagueiro Walker Zimmerman o derrubou e a penalidade foi marcada.

Bale assumiu a responsabilidade e foi para a cobrança. Com muita força, o atacante bateu no canto superior direito e balançou as redes. O goleiro norte-americano até acertou o canto, mas não teve chances de fazer a defesa.

Durante a partida, Gareth Bale foi bem marcado e pouco acionado. Sem conseguir impor sua característica principal, a velocidade, o atacante se esforçou também na defesa e foi importante para o sistema defensivo Galês.


O gol de Bale foi o primeiro do País de Gales desde a Copa do Mundo de 1958, disputada na Alemanha e vencida pelo Brasil. Na ocasião, os Galeses alcançaram as oitavas de final, perdendo justamente para os campeões. O último gol, porém, foi marcado na última partida da fase de grupos, pelo atacante Terry Medwin. O tento aconteceu aos 31 minutos do segundo tempo, na vitória por 2 a 1 contra a Hungria.

Na próxima rodada, o País de Gales enfrenta o Irã, na sexta-feira, às 7h (de Brasília), no Al Rayyan Stadium. Com o resultado da partida contra os Estados Unidos, a equipe assumiu a segunda colocação do Grupo B e pode encaminhar a classificação para as oitavas com uma vitória.

Deixe seu comentário