Liga Europa

×
| // - :

Futebol/Liga Europa

Chelsea vence Eintracht Frankfurt nos pênaltis e está na final da Liga Europa

São Paulo , SP
09/05/2019 18:58:33 — 09/05/2019 19:05:36

Em: Chelsea, Futebol, Futebol Internacional, Liga Europa

O Chelsea está de volta a uma decisão europeia. Jogando em casa nesta quinta-feira, a equipe de Londres passou pelo Eintracht Frankfurt, nas penalidades, e avançou para a final da Liga Europa. Após empate por 1 a 1 na Alemanha, e nova igualdade pelo mesmo placar na Inglaterra, os Blues foram melhores nas cobranças e avançaram.

Com gols marcados por Loftus-Cheek para os donos da casa na primeira etapa e Jovic para os visitantes na segunda, a decisão foi para a prorrogação. Sem balançar as redes no tempo extra, as equipes decidiram a vaga nas penalidades.

Nas cobranças, Trapp defendeu a cobrança de Azpilicueta e colocou os alemães na frente. O time inglês, porém, se recuperou e contou com duas defesas de Kepa, nas batidas de Hinteregger e Paciência para pular na frente. O camisa 10 Hazard acertou a última cobrança e decretou a classificação do time da casa.

Na final da Liga Europa, o Chelsea terá pela frente o Arsenal, no próximo dia 29 de maio, no estádio Olímpico de Baku, no Azerbaidjão. Esta será a segunda vez que a competição continental será decidida por dois ingleses. Em 1971/1972, Tottenham e Wolverhampton decidiram a então chamada Copa da Uefa.

A decisão será a segunda do Chelsea na história do torneio. Na temporada 2012/2013, a equipe de Stamford Bridge derrotou o Benfica por 2 a 1 e se sagrou campeão.

Pressão londrina

Em jogo bastante equilibrado, os donos da casa começaram melhor e dominaram boa parte da primeira etapa. Apesar do destaque dos mandantes, foi a equipe alemã que criou a primeira chance real de gol. Aos 14 minutos, Danny da Costa arriscou de fora da área e o Chelsea contou com grande defesa de Kepa para manter o 0 a 0 no placar.

Nove minutos depois, a equipe de Londres respondeu. Giroud recebeu na área com perigo. Apesar da boa condição, o atacante francês não finalizou bem e o goleiro fez a defesa no centro do gol.

(Foto: Ben Stansall/AFP)

Cinco minutos depois, o Chelsea teve mais uma chance dentro da área, desta vez não desperdiçada. Após boa jogada de Hazard pelo lado esquerdo, o meia belga colocou bela bola para Loftus-Cheek, que encontrou espaço entre o lateral e o zagueiro adversário. O camisa 12 conduziu com tranquilidade e bateu no canto direito para abrir o placar.

O gol foi o quarto do meio-campista na Liga Europa, além de três assistências. No jogo de ida, o passe do único gol do Chelsea no empate por 1 a 1 na Alemanha também foi do jogador.

Segundo tempo dos visitantes

Precisando marcar para reverter a desvantagem, o Eintracht não se intimidou e partiu para cima desde o início da segunda etapa. A estrategia logo surtiu efeito, com o empate dos visitantes saindo já aos quatro minutos.

(Foto: Oliver Greenwood/AFP)

Em bela trama coletiva, Haseb passou por elevação para Jovic. O atacante subiu de cabeça e escorou a bola para Gacinovic, que acertou passe de primeira de volta para o camisa 8. Cara a cara com Kepa, o bósnio teve frieza para colocar no canto esquerdo do Chelsea e empatar o placar.

Especulado no Real Madrid, Jovic se tornou o artilheiro da Liga Europa com o tento, chegando a dez, mesmo número de Giroud.

Após o empate, os alemães continuaram no ataque, tentando a virada, mas não conseguiram criar mais chances reais de gol. Com o 1 a 1 no placar, a partida foi para a prorrogação.

Decisão

No tempo extra, mais emoção. No primeiro tempo, a equipe alemã teve duas chances claras para fazer o gol, ambas tiradas em cima da linha. Aos 10, Haller emendou cruzamento de primeira, a bola foi se encaminhando devagar para o gol mas David Luiz evitou o tento com um carrinho providencial. Dez minutos depois, o camisa 9 teve outra chance e cabeceou após escanteio. Zapacosta tirou de cabeça.

No segundo tempo, o Chelsea até balançou as redes, mas o gol não valeu. Azpilicueta foi para cima do goleiro e, com falta, trombou com o arqueiro e a bola acabou entrando. Apesar da comemoração do lateral, o árbitro anulou o tento.

(Foto: Ben Stansall/AFP)

A decisão, então, foi para as penalidades. Nas cobranças, Trapp defendeu a cobrança de Azpilicueta e colocou os alemães na frente. O time inglês, porém, se recuperou e contou com duas defesas de Kepa, nas batidas de Hinteregger e Paciência para pular na frente. O camisa 10 Hazard acertou a última cobrança e decretou a classificação dos Blues.

Além dos 90 minutos

Ads – Rodapé Posts




Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escalação
Ainda não há informações
Tec -
- Tec

Posse de bola

68%
32%
Corinthians
Santos
999
Corinthians

Passe

999
Santos
999
Corinthians

Finalização

999
Santos
999
Corinthians

Cruzamento

999
Santos
999
Corinthians

Desarme

999
Santos

Faltas

24
COR
×
15
SAN

Impedimentos

24
COR
×
15
SAN

Cartões amarelos

24
COR
×
15
SAN

Cartões vermelhos

24
COR
×
15
SAN

Estatísticas de jogadores

Corinthians

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner

Santos

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
Estatísticas de jogadores