Futebol/Liga dos Campeões

Tottenham volta a vencer o Dortmund e confirma classificação na Champions

São Paulo , SP
05/03/2019 18:52:17

Em: Borussia Dortmund, Futebol, Futebol Alemão, Futebol Inglês, Futebol Internacional, Liga dos Campeões, Tottenham

O Tottenham está classificado para as quartas de final da Liga dos Campeões. Nesta terça-feira, no Signal Iduna Park, na Alemanha, os Spurs entraram em campo com a vantagem por 3 a 0 construída no jogo de ida, sofreram no primeiro tempo, viram uma atuação impecável de Lloris, mas com um gol de Harry Kane venceram novamente o Borussia Dortmund, dessa vez por 1 a 0, e avançaram na competição continental.

Os primeiros 45 minutos foram de completo domínio dos donos da casa. Precisando reverter grande desvantagem, o Borussia tomou a iniciativa, chegou a ter mais de 70% de posse de bola, 10 finalizações, mas teve de lidar com atuação excepcional de Lloris. Na única chance que o Tottenham teve, em contra-ataque, Son saiu na cara de Burki, chutou para fora e saiu reclamado de empurrão que a arbitragem e o VAR não viram.

Se a etapa inicial foi movimentada, a final não teve nem de longe a mesma intensidade. E tudo isso por conta de Harry Kane, que logo aos três minutos aproveitou o erro do Dortmund, saiu cara a cara com Burki e abriu o placar, colocando 4 a 0 no agregado a favor dos Spurs. Sem reação, os donos da casa pouco fizeram e Lloris acabou um mero espectador.

Com a eliminação da Liga dos Campeões, resta o Campeonato Alemão para o Borussia Dortmund. Na busca por manter a liderança, os comandados de Lucien Favre voltam a campo no sábado para medir forças com o Sttutgart. Enquanto isso, no Inglês, o Tottenham terá pela frente, também no sábado, o Southampton fora de casa.

O JOGO

Precisando reverter um 3 a 0 para avançar, o Borussia Dortmund tomou a iniciativa da partida, dominou a posse de bola nos primeiros minutos, mas demorou 10 minutos para criar a primeira chance. E quando criada, por pouco Reus não abriu o placar. Após cruzamento para área, Sanchez falhou e a bola sobrou para o atacante alemão, que armou o chute, mas viu Vertonghen travar de forma providencial para salvar os ingleses.

Os minutos foram passando, mas a pressão dos donos da casa não. Com uma posse de bola superior aos 70% nos primeiros 20 minutos, o Borussia voltou a assustar Lloris, que apareceu bem para evitar o primeiro gol da partida. Em boa trama, a bola chegou em Marco Reus, que arriscou da entrada da área, mas nas mãos do arqueiro francês e capitão do Tottenham. Depois, Gotze arriscou, mas a zaga apareceu para afastar o perigo.

Tottenham aposta no contra-ataque e instaura a polêmica

Apostando nos contra-ataques, o Tottenham demorou 30 minutos para encaixar o primeiro. E quando conseguiu, o lance terminou com polêmica. Harry Kane lançou Son, que avançou e saiu cara a cara com Burki. O goleiro fechou o ângulo, o sul-coreano arrematou para fora, mas reclamou de um empurrão do defensor do Dortmund, que o árbitro nem o VAR viram.

Salvo a estocada dos ingleses, o domínio dos alemães seguiu. E com a criação de chances de gol e intervenções providenciais de Lloris. Aos 33 minutos, Weigl testou o cruzamento e obrigou linda defesa do goleiro francês. Na sequência, foi Gotze quem tentou, para nova aparição providencial do camisa um. A última oportunidade do primeiro tempo, como não poderia deixar de ser, foi do Dortmund, mas Alcácer parou em…Lloris.

Harry Kane chama a responsabilidade e coloca o Tottenham nas quartas

Na volta do intervalo, a dinâmica da partida seguiu a mesma dos primeiros 45 minutos, mas com a diferença de que o espaço dado pelo Dortmund e encontrado pelo Tottenham surgiu rapidamente e Harry Kane não perdoou. Logo aos três minutos, após erro de Akanji na saída de bola, Sissoko deixou o centroavante inglês cara a cara com Burki. Com estilo, Kane apenas tirou do goleiro para abrir o placar e consolidar a classificação.

Assim que Kane abriu o placar, o abatimento tomou conta da equipe do Borussia Dortmund. A posse de bola agressiva deu lugar a morosidade e a facilidade de outrora para encontrar espaços na defesa inglesa não foi mais vista. Assim, o Tottenham manteve sua estratégia defensiva e, diante do cenário, o jogo perdeu muito em qualidade técnica.

A passividade do Dortmund foi tanta que Hugo Lloris, protagonista em todo o primeiro tempo, se tornou mero espectador na etapa final. Dono de grandes defesas, o arqueiro viu o Tottenham passar a se sobressair no jogo defensivo com uma partida segura dos zagueiros. Já na frente, Harry Kane não teve mais chances e viu um Borussia fazer o tempo passar com a eliminação iminente. A única chance foi de Pulisic, que testou para fora.

FICHA TÉCNICA
BORUSSIA DORTMUND 0 X 1 TOTTENHAM

Local: Signal Iduna Park, Alemanha
Data: Terça-feira, 5 de março de 2019
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Danny Makkelie (HOL)
Assistentes: Mario Diks (HOL) e Hessel Steegstra (HOL)
VAR: Pol van Boekel (HOL) e Jochem Kamphuis (HOL)

GOL: Harry Kane, aos 3 minutos do 2T

BORUSSIA DORTMUND: Burki; Wolf (Larsen), Akanji, Weigl e Diallo; Witsel, Guerreiro (Pulisic), Gotze; Sancho, Reus (Delaney) e Alcácer
Técnico: Lucien Favre

TOTTENHAM: Lloris, Aurier, Alderweireld, Sanchez, Vertonghen, Davies, Winks (Dier), Sissoko, Erikssen (Danny Rose); Son (Lamela) e Harry Kane
Técnico: Mauricio Pochettino