Bayern é derrotado por estreante russo e avança em segundo lugar

São Paulo, SP

23-11-2016 16:55:46

Em uma das maiores zebras até aqui da Liga dos Campeões, o Rostov derrotou, de virada, o Bayern de Munique por 3 a 2, no Estádio Olimp-2, na Rússia, pela 5ª rodada da competição. Em uma performance muito apagada, o resultado custou caro aos alemães, que não tem mais chances matemáticas de brigar pela liderança no grupo D com o Atlético de Madrid.

O primeiro tempo foi um jogo de ataque contra defesa. O Bayern pressionou muito, mas esbarrava na compacta defesa russa. Até que Douglas Costa aproveitou rebote do chute de Renato Sanches para abrir o placar aos 30 minutos. Aos 43, no entanto, Azmoun foi bem ao aproveitar falha da zaga alemã e deixou tudo igual.

Logo na volta para a segunda etapa, o Rostov surpreendeu e conseguiu a virada, aos 3 minutos, em cobrança de pênalti de Poloz. O susto acordou o Bayern, que empatou dois minutos depois em boa infiltração de Bernat. Valente, o clube russo não se intimidou e conseguiu assumir a liderança do placar de novo em ótima cobrança de falta de Noboa aos 20.

Com a derrota, o Bayern, que já está classificado, estacionou no segundo lugar com nove pontos – seis a menos do que o líder Atlético de Madrid, que bateu o PSV.

Estreante na Liga dos Campeões, o Rostov já está eliminado – com apenas quatro pontos no terceiro lugar –, mas jogou com muita garra. Em uma ótima exibição, o pequeno clube russo aproveitou as falhas cometidas pelo poderoso time alemão e conseguiu um placar histórico. A vitória pode valer ao Rostov uma classificação para a Liga Europa.


O jogo – Com um elenco infinitamente superior tecnicamente, o Bayern de Munique ocupou o campo de ataque desde o primeiro minuto. Com todos os atletas espremidos na defesa, o Rostov levantou uma verdadeira muralha em frente à sua área, dificultando as iniciativas dos alemães.

Surpreendentemente, a primeira grande chances de abrir o placar foi dos russos. Aos 8 minutos, Erokhin recebeu lançamento longo e entrou no meio da defesa. Ulreich saiu muito mal do gol e o meia cabeceou para as redes. Quando a bola ia entrando, Bernart apareceu e tirou.

A partida seguiu esse ritmo até o Bayern conseguir superar a defesa adversária e abrir o placar. Aos 36 minutos, Renato Sanches fez grande jogada e achou espaço para finalizar. No rebote, a bola sobrou para Douglas Costa na entrada da pequena área e o brasileiro estufou as redes.

Douglas Costa aproveitou rebote para abrir o placar da partida (Foto: Kirill Kudryavtsev/AFP)
Douglas Costa aproveitou rebote para abrir o placar da partida (Foto: Kirill Kudryavtsev/AFP)

Quando os times já pensavam no intervalo, o Rostov surpreendeu e conseguiu o empate. Aos 43, em uma falha na saída da zaga do Bayern, a bola sobrou para Poloz, que tocou para Azmoun livre carregar a bola até a área, cortar Boateng e concluir colocado na saída de Ulreich.

Na volta para o segundo tempo, aconteceu o inimaginável: o Rostov virou o jogo. Aos 2 minutos, Noboa tentou driblar Boateng e foi derrubado dentro da área. Poloz foi para a batida e finalizou bem no canto direito do goleiro bávaro.

O susto fez o Bayern acordar e empatar a partida dois minutos depois. Em jogada com toques de pé em pé, Ribery recebeu dentro da área e enfiou para Bernat, que, perto da linha de fundo, soltou uma bomba alta de esquerda, sem chance para Dzhanaev.

Em jogo surpreendente, o Rostov não se deixou abater e assumiu a frente do placar mais uma vez. Aos 20 minutos, Noboa bateu falta com perfeição no canto direito de Ulreich, que não conseguiu alcançar.

Nos últimos 15 minutos do confronto, a situação do primeiro tempo voltou a aparecer. O Bayern todo colocado dentro do campo de ataque, enquanto o Rostov muito bem fechado em sua defesa. Os bávaros trocavam muitos passes, buscavam infiltrações, mas não conseguiram superar o adversário e sucumbiram.

Benfica cede empate ao Besiktas e perde chance de garantir classificação


O Benfica empatou com o Besiktas por 3 a 3, na Vodafone Arena, em Istambul, pelo grupo B da Liga dos Campeões. Vencendo até os 45 minutos do segundo tempo, o time português deixou escapar a chance de garantir a classificação para a próxima fase da competição e terá de pegar o Napoli na última rodada para assegurar a vaga.

Mesmo fora de casa, o Benfica foi para a cima e marcou o primeiro gol, aos 10 minutos do primeiro tempo, em grande jogada de Guedes. Animados, os portugueses seguiram em cima e ampliaram aos 25 com Semedo. Ainda na primeira etapa, aos 31, Ljubomir Fejsa marcou o terceiro dos visitantes.

Já na segunda etapa, o Besiktas foi atrás da reação. Aos 14, Tosun recebeu bem de Beck na entrada da área e finalizou de primeira para descontar. No fim, aos 38, foi a vez de Quaresma marcar de pênalti. Os turcos foram atrás do placar até o fim e conseguiram o gol de empate. Aos 45, Aboubakar aproveitou um rebote do lado esquerdo e estufou as redes.

Com o empate, o Benfica subiu para a primeira colocação com 8 pontos, um a mais do que os vice-líderes Besiktas e Napoli, que ainda entrará em campo nesta rodada. Com os três times ainda vivos na briga pelas duas vagas nas oitavas, o Benfica terá o difícil confronto contra os italianos na última rodada, enquanto o Besiktas pegará o lanterna Dínamo de Kiev.

Deixe seu comentário