Cristiano Ronaldo é acusado de comportamento violento contra torcedor do Everton

AFP - São Paulo,SP

23/09/22 | 14:41

A Associação de Futebol da Inglaterra (FA, na sigla em inglês) anunciou nesta sexta-feira que acusa formalmente o atacante português Cristiano Ronaldo, do Manchester United, por comportamento "violento ou inapropriado" no episódio em que atingiu a mão de um torcedor do Everton fazendo com que seu telefone caísse no chão.

Na ocasião, o Everton havia derrotado o Manchester United pelo placar de 1 a 0, no estádio Goodison Park, em Liverpool. Ao final da partida, um vídeo mostrou o português golpeando a mão de um adolescente enquanto voltava ao vestiário, o que provocou a queda do aparelho do torcedor. Mais tarde, a mãe do torcedor publicou nas redes sociais uma foto da mão de seu filho machucada e recusou o convite feito pelo astro português para visitá-lo no centro de treinamento de seu clube.

A polícia de Liverpool havia aberto uma investigação por "agressão" que se encerrou em meados de agosto com uma advertência simples para o camisa 7 dos 'Red Devils', que na mesma noite publicou um pedido de desculpas em sua conta no Instagram.

O Manchester United tomou nota da decisão da FA e comunicou: "Apoiaremos nosso jogador em sua resposta acerca desta acusação".

Atualmente, o atacante está concentrado com a seleção de Portugal para duas partidas pela Liga das Nações contra a República Checa, neste sábado, e Espanha, na próxima terça-feira.

Deixe seu comentário