Futebol/Campeonato Inglês

Manchester United vence o Stoke e mantém caça ao rival City

São Paulo , SP
15/01/2018 20:12:48

Em: Futebol, Futebol Inglês, Futebol Internacional, Manchester United
Red Devils diminuíram para 12 pontos a distância para o líder do campeonato (Foto: Oil Scarff/AFP)

Mesmo sofrendo pressão na primeira etapa, o Manchester United venceu o Stoke City por 3 a 0 dentro de casa e chegou aos 50 pontos no Campeonato Inglês. Com o resultado, a diferença para o líder, Manchester City, diminui para 12 pontos.

A partida começou com um Stoke recuado e com o United propondo o jogo. Logo aos seis minutos, após cruzamento na área, Martial se enroscou com o zagueiro e tentou cavar um pênalti, mas o árbitro nada marcou.

Aos oito minutos, na primeira chance que os mandantes tiveram, já conseguiram abrir o placar. Pogba virou o jogo para Valencia, que invadiu a área, levou o zagueiro e acertou uma bomba de pé esquerdo. Um golaço do equatoriano para colocar o Manchester em vantagem logo no início do jogo.

Três minutos depois veio a resposta do Stoke. O ex-United Fletcher recebeu na intermediária e levantou para Shaqiri, que de bicicleta parou na firme defesa de De Gea. Aos 16, Ireland recebeu bom passe dentro da área e chutou cruzado, mas a bola saiu à direita do gol.

Os donos da casa tinham maior posse de bola, mas era o Stoke que levava mais perigo. Aos 20 minutos, Ireland teve mais uma ótima chance: após ajeitada de Shaqiri, o meia chegou batendo da entrada da área, mas novamente a bola saiu rente ao poste direito. Aos 25, Bauer levantou na área e De Gea saiu mal, deixando a bola livre para Choupo-Moting. O camisa 10 chegou desequilibrado e, mesmo com o gol aberto, chutou por cima.

Os visitantes estavam crescendo no jogo, e os Red Devils não conseguiam responder à altura. Aos 33, em uma das poucas chegadas, Mata e Valencia fizeram bonita tabela na entrada da área e o espanhol foi derrubado por Martins Indi, mas novamente nada foi marcado.

Aos 37 minutos, o Stoke perdeu a bola no campo de defesa e Pogba achou Martial livre na meia-lua. O francês pegou de primeira e acertou o ângulo para ampliar o placar. Mais um golaço da equipe de Manchester.

O Stoke não se abalou com o gol sofrido e voltou a chegar aos 44 com Zouma, que cabeceou para fora. Aos 46, Shaqiri recebeu na meia-lua, tirou dois jogadores e bateu de esquerda no cantinho, mas De Gea voou nela e jogou para escanteio. Ótima defesa do goleiro espanhol para fechar a primeira etapa.

O segundo tempo começou com um Manchester United mais tranquilo, tocando a bola e administrando a vantagem que conquistou na primeira etapa. O Stoke, por sua vez, era menos incisivo, e as chances de gol passaram a ser mais raras.

Aos 17 minutos, os Red Devils tiveram a primeira grande chance da segunda etapa. Pelo lado direito, Mata invadiu a área e bateu cruzado, mas a bola saiu tirando tinta da trave.

A partir desse momento, os donos da casa começaram a criar mais chances, e voltaram a chegar aos 20 minutos. Lingard recebeu dentro da área, dominou e ajeitou para Mata, que mandou por cima. O espanhol estava bem na partida e, um minuto depois, após rebote do chute de Lukaku, ficou livre para empurrar para o gol, mas estava em posição de impedimento.

Aos 26, Lukaku recebeu dentro da área de costas para o gol, fez o pivô, tirou dois marcadores e fuzilou no canto. Mais um belo gol do time de José Mourinho e partida praticamente definida.

O terceiro gol desanimou completamente a equipe do Stoke, que passou apenas a aguardar o final da partida. O Manchester, por sua vez, tocava a bola e fazia algumas alterações para gastar o tempo. Lingard saiu para a entrada de Rashford, Martial foi substituído por Fellaini e McTorminay entrou no lugar de Juan Mata.

Aos 39, em sua primeira jogada na partida, Rashford quase ampliou o placar. Após cruzamento rasteiro, o atacante tocou de letra, e o goleiro Butland fez grande defesa.

Aos 40, com a partida já liquidada, o Stoke ainda teve a última chance para diminuir. Diouf recebeu na área e finalizou bem para boa defesa de De Gea. O atacante ainda ficou com o rebote, mas mandou na rede pelo lado de fora.