Futebol Internacional/Campeonato Português

Após quebrar jejum de gols, Talisca agradece apoio do técnico do Benfica

GazetaEsportiva.net - Lisboa, - Portugal
05/01/2015 11:41:00

Em: Benfica, Campeonatos, Futebol, Futebol Internacional, Futebol Português

A vitória por 3 a 0 diante do Penafiel, no último domingo, resultado que manteve o Benfica na liderança isolada do Campeonato Português, teve um gosto especial para o brasileiro Anderson Talisca, que voltou a balançar a rede após um jejum de dois meses. Contratado junto ao Bahia no início de 2014, o jovem meia elogiou a dedicação do elenco e agradeceu à confiança do técnico Jorge Jesus, que o trocou de posição recentemente.

Jogando mais recuado como segundo volante, exercendo a função do argentino Enzo Pérez, negociado com o Valência, Talisca atuou bem em partida que só brasileiros balançaram a rede. Além do camisa 30, Jonas e o zagueiro Jardel contribuíram para a vitória das Águias. “Agradeço a Deus por estar aqui, é especial marcar após dois meses. A equipe esteve bem em um jogo difícil, conseguimos superar o desafio. Agradeço ao técnico Jorge Jesus pelo apoio, foi bom marcar, eu estava trabalhando ao máximo”, falou o brasileiro.

Jorge Jesus, que acumula 13 vitórias em 15 jogos à frente do Benfica na atual temporada do Português, comentou ainda sobre a mudança tática feita com Talisca. “Aquela posição [de volante] muda completamente a forma de Talisca jogar, mas não estou o colocando em uma posição nova. No Brasil, ele era um número oito. Aqui em Portugal é que o coloquei para jogar mais a frente, algo que ele tinha feito poucas vezes no Bahia”, falou. “Ele conhece a posição [de volante], pois é o lugar de formação dele”, prosseguiu, dando sequência a entrevista ao jornal A Bola.

Aos 60 anos, Jorge Jesus, que já está no Benfica há seis temporadas, detalhou ainda mais o aproveitamento de Talisca na armação e na construção das jogadas. “Ele [Talisca] já era, no Brasil, o que chamam de segundo volante. Lancei-o na frente, e como estava marcando gols, deixei-o lá. Agora ele terá que se readaptar a sua função de origem, tem de melhorar sua forma de jogar, além da forma de defender”, pontuou.

Voltando a atuar como segundo volante, Talisca comemora quebra de jejum que já durava dois meses
Voltando a atuar como segundo volante, Talisca comemora quebra de jejum que já durava dois meses – Credito: AFP