Campeonatos


Tite tem tentado encontrar novas alternativas táticas para o Corinthians com Paolo Guerrero em campo e Emerson no banco de reservas. Os dois atacantes não terão os seus contratos (que vencerão em julho) renovados, e a diretoria ainda admite abrir mão de outros jogadores para amenizar a sua crise financeira. Uma realidade à que o técnico ainda precisará se acostumar.

O Chelsea confirmou título nacional ainda no início deste mês, mas precisou esperar o final do Campeonato Inglês para comemorar a quinta taça de sua história. O elenco recebeu a taça após vencer o Sunderland na rodada final, no último domingo. Com ela em mãos, desfilou em carro aberto para pouca torcida nas ruas de Londres.

O Milan amarga temporada abaixo da crítica ao figurar na décima colocação do Campeonato Italiano, mas promete evoluir para a próxima temporada. Pelo menos é com este objetivo que Adriano Galliani viajou a Madri nesta segunda-feira, tendo reuniões marcadas com possíveis reforços.

A história de Daniel Alves no Barcelona não é curta, muito menos inglória: o lateral faturou todos os títulos que poderia vencer com a camisa grená em sete anos na Catalunha. Ainda assim as tratativas de renovação de contrato não têm sido positivas com o clube e, apesar de adiar a decisão sobre seu futuro, ele reclama de ser desvalorizado.

O técnico Levir Culpi avalia que o Atlético-MG fez um jogo melhor que o Furacão, mas acabou pagando caro pelo excesso de erros de finalização. O comandante atleticano entende que o Galo estava equilibrado na partida, mas lamentou a falta de pontaria dos atacantes na derrota para o xará paranaense.

Um dos líderes do elenco, Fernando Prass resolveu adotar a sinceridade para fazer o time acordar. O goleiro terminou 2014 chorando de alívio por não ter sido rebaixado no Brasileiro e agora, sem nenhuma vitória nesta edição do torneio, cobra autocrítica individual dos colegas para que as vaias da torcida do Palmeiras se tornem entusiasmo de novo.

O Palmeiras ainda não conseguiu nenhuma vitória no Campeonato Brasileiro e sente que precisa superar um adversário extra: a determinação de cartão a quem reclamar. Só na derrota para o Goiás, nesse domingo, o time recebeu três amarelos por conta dessa regra e, apesar de Oswaldo de Oliveira até proibir que alguns jogadores falem com os juízes, as queixas são de que quem apita é ignorante.


Pivô da expulsão de Al Horford no jogo 3 das finais da Conferência Leste, Matthew Dellavedova foi acusado de jogar sujo. Nos minutos finais do segundo quarto da vitória do Cleveland Cavaliers sobre o Atlanta Hawks por 114 a 111 na Quicken Loans Arena, o ala-armador de Ohio se enroscou com o pivô dos Hawks, que acabou dando uma cotovelada no adversário e foi expulso, acusado de falta flagrante nível 2. No entanto, o histórico recente de faltas de “Delly” fez com que a postura do jogador em quadra fosse questionada. Ao fim da partida, LeBron James saiu em defesa do companheiro de equipe.

Mais na web