Marquinhos diz que Flamengo tem a receita para vencer Jogo 5 das finais

São Paulo , SP
06/06/2019 10:22:24 — 06/06/2019 10:26:36

Em: Basquete, Flamengo, Mais Esportes, NBB - Novo Basquete Brasil

Neste sábado, enfim será conhecido o grande campeão da temporada 2018/2019 do NBB (Novo Basquete Brasil). Com a série empatada em 2 a 2, Flamengo e Franca travarão o quinto e último duelo das finais, em jogo marcado para as 14h30 (de Brasília), no Ginásio Pedrocão, casa do time paulista. Apesar de não contar com o apoio da torcida rubro-negra, os cariocas garantem ter a receita para saírem com o triunfo, tal como aconteceu no Super 8.

“Temos uma oportunidade gigante de conquistar esse título de novo. Seria um sexto título de NBB. Temos que aproveitar essa oportunidade. A semana de trabalho foi incrível. O jogo 4 nos deu muita confiança. Vamos para a casa do adversário e para ganhar lá a gente tem que ser quase que perfeito. É defender bem e ser solidário no ataque. A gente já tem a receita, foi assim no Super 8 e temos que abrir alguns pontos para ter uma vantagem e deixá-los pressionados”, disse o ala Marquinhos, um dos principais e mais experientes jogadores do Mengão.

Marquinhos é o cestinha do Flamengo nas finais contra o Franca (Foto: Marcelo Cortes/CRF)

MVP da última temporada do NBB, Marquinhos voltou a se destacar e é o cestinha do Flamengo nesta série de finais, com 14,7 pontos de média até então. Contudo, como o mesmo faz questão de ressaltar, de nada adianta o bom desempenho individual se o título não for conquistado. Vale lembrar que o clube carioca não levanta o caneco há duas temporadas.

“No ano passado ganhei como MVP, melhor ala, melhor lances livres, mas mesmo assim o Flamengo não foi campeão. Eu não consegui levantar o título. A mentalidade é um pouco diferente. Era o primeiro ano do Anderson, tínhamos que criar um grupo forte. Isso se deve à coletividade. Um pega mais rebote, outro dá mais assistência. Tentar ajudar porque no final o que vale mesmo é levantar o título. É legal os prêmios individuais, mas levantar o título é mais legal e estamos sem ele há dois anos já”, completou.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com