Futebol Internacional

Grandes clubes europeus ameaçam boicotar novo Mundial de Clubes

São Paulo , SP
15/03/2019 11:38:18

Em: Futebol Alemão, Futebol Espanhol, Futebol Francês, Futebol Inglês, Futebol Internacional, Futebol Italiano, Futebol Português, Mundial de Clubes, Notícias
FIFA planeja alterar a forma de disputa do Mundial de Clubes (Foto: AFP)

A Fifa vota, nesta sexta-feira, pelo novo formato do Mundial de Clubes, que pode passar a ser disputado a cada quatro anos, a partir de 2021, com 24 times. Alguns grandes europeus, porém, se manifestaram totalmente contra a medida por meio de uma carta, dizendo que os membros da Associação de Clubes Europeus (ECA, na sigla em inglês) não disputarão o torneio caso as novas regras sejam aprovadas.

O jornal alemão Süddeutsche Zeitung divulgou a carta em primeira mão, assinada por representantes de 15 dos maiores clubes da Europa, como Juventus, Real Madrid, PSG, Barcelona, Bayern de Munique, Manchester United, entre outros. Segundo o documento, os clubes são “frontalmente contra a aprovação de um novo Mundial de Clubes neste momento e confirma que nenhum membro da ECA vai disputar essa competição”.A carta ainda afirma que o calendário da Fifa já está montado até 2024, então seria impossível discutir as mudanças propostas antes disso.

Das 24 vagas deste possível novo formato, a Uefa (Europa) ficaria com oito, a Conmebol (América do Sul) com seis, a AFC (Ásia), CAF (África) e Concacaf (América do Norte, Central e Caribe) com três cada, além de uma restante para a OFC (Oceania). Em relação à fórmula de disputa, os times seriam divididos em oito grupos e apenas o cabeça de chave avançaria ao mata-mata.

O Conselho da entidade, formado por seis integrantes representantes das seis confederações continentais, se reúne nesta sexta-feira, em Miami, nos Estados Unidos, para votar essa nova medida. Além dela, é possível que mais um passo seja dado para a aprovação de 48 seleções (em vez de 32) já na Copa do Catar, que acontecerá em 2022.