Futebol Francês

Parc des Princes | 21/04/2019

Futebol/Futebol Francês

PSG comemora título francês com retorno de Neymar e show de Mbappé

São Paulo , SP
21/04/2019 18:02:58

Em: Futebol, Futebol Francês, Futebol Internacional, Monaco, Notícias, Paris Saint Germain
Neymar retornou após quase três meses, mas Mbappé roubou a cena com atuação de gala (Foto: FRANCK FIFE / AFP)

Com o empate do Lille na manhã deste domingo, o Paris Saint-Germain entrou em campo pela 33ª rodada do Campeonato Francês com o título já assegurado. Jogando no Parque dos Príncipes, a equipe de Thomas Tuchel teve motivos de sobra para comemorar. Além de toda a festa por conta da conquista, o time da capital contou com o retorno de Neymar e venceu o Monaco por 3 a 1 com show de Mbappé, dono de três gols. Golovin marcou para os visitantes.

Neymar não atuava desde 23 de janeiro, quando sofreu uma fratura no quinto metatarso do pé direito, lesão semelhante a que o afastou dos gramados às vésperas da Copa do Mundo de 2018. Por conta da eliminação na Liga dos Campeões, o PSG tratou a lesão do brasileiro com cautela e, depois de três meses, o atacante saiu do banco no intervalo, mas sentiu a falta de ritmo apesar da vontade demonstrada.

Com o resultado, o Paris Saint-Germain chega a sua 27ª vitória em 33 jogos e alcança os 84 pontos, 19 a mais que o vice-líder Lille, confirmando o caneco nacional após três tropeços que culminaram no adiamento da celebração. O Monaco, por sua vez, estaciona nos 32 pontos e na 16ª posição e segue ameaçado pelo rebaixamento, uma vez que tem apenas quatro pontos a mais que o Dijon, primeiro time na zona de descenso.

Desse modo, o Paris Saint-Germain conquista o sexto título nas últimas sete edições da competição, sendo o segundo consecutivo. Ao todo, o clube da capital francesa já levantou o caneco oito vezes, assim como o Monaco. O maior campeão é o Sain-Étienne com 10 taças, seguido do Olympique de Marselha, dono de nove conquistas.

Agora, o Paris-Saint Germain entra em campo pela competição para bater marcas históricas. Faltando cinco rodadas, a equipe de Thomas Tuchel pode superar o recorde de pontos (96 do próprio PSG na temporada 2015-16) e vitórias (30 do PSG na temporada 2015-16 e do Monaco na edição 2016-17). Buscando tais objetivos, o time parisiense entra em campo na terça, dia 30, para encarar o Montpellier. Antes, porém, concentra as atenções na Copa da França, onde decide o título com o Rennes no próximo sábado.

Mbappé dá show e coloca PSG em vantagem

Sem suas principais estrelas, já que Neymar, Di María e Cavani começaram no banco de reservas, coube a Mbappé comandar as ações ofensivas do Paris Saint-Germain. Logo aos 12 minutos, o camisa 7 puxou contra-ataque em velocidade, abriu para Diaby e recebeu na área, onde teve tempo de dominar e arrematar para as redes.

O jovem parisiense, não satisfeito, aumentou a vantagem do PSG ainda no primeiro tempo. Aos 38, Mbappé tabelou com Dani Alves e saiu na cara de Benaglio. Frio, o atacante bateu rasteiro forte, no cantinho, para fazer 2 a 0 e deixar o time Thomas Tuchel em situação tranquila na partida.

Neymar entra no intervalo, mas Mbappé rouba a cena

Com o triunfo já encaminhado, Tuchel decidiu dar minutos a Neymar. Na volta do intervalo, o brasileiro entrou na vaga de Kurzawa e demonstrou bastante fome de jogo, mas foi Mbappé quem roubou a atenção. Após jogada trabalhada, Dani Alves deu mais uma assistência para o camisa 7 apenas empurrar para as redes, marcando seu terceiro gol na partida e o 30º no Francês, competição em que é o artilheiro disparado.

Outro a voltar a campo pelo PSG foi Cavani. Fora desde a eliminação para o United na Liga dos Campeões, no dia seis de março, o uruguaio saiu do banco já na reta final da partida e viu o Monaco diminuir na sequência, com Golovin após confusão entre Marquinhos e Kehrer.

Com o ataque claramente sem ritmo após as entradas de Cavani e Neymar, que nitidamente sentiu a velocidade da partida, o Paris Saint-Germain ainda chegou ao quarto com gol através do camisa 9, mas o bandeira assinalou impedimento e o árbitro anulou o gol.

 




Escalação
Ainda não há informações
Paris Saint Germain
Tec - Thomas Tuchel
Monaco
Leonardo Jardim - Tec

Posse de bola

68%
32%
Corinthians
Santos
999
Corinthians

Passe

999
Santos
999
Corinthians

Finalização

999
Santos
999
Corinthians

Cruzamento

999
Santos
999
Corinthians

Desarme

999
Santos

Faltas

24
COR
×
15
SAN

Impedimentos

24
COR
×
15
SAN

Cartões amarelos

24
COR
×
15
SAN

Cartões vermelhos

24
COR
×
15
SAN

Estatísticas de jogadores

Corinthians

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner

Santos

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
Estatísticas de jogadores