Presidente da Liga espanhola é contra oposição da Fifa a jogos no estrangeiro

AFP - São Paulo , SP
29/02/2020 07:08:55 — 29/02/2020 11:16:44

Em: Bastidores, Futebol, Futebol Espanhol, Futebol Internacional, Notícias
Foto: Javier Soriano/AFP

O presidente da Liga espanhola (LaLiga), Javier Tebas, afirmou que não irá aceitar a oposição de uma comissão da Fifa a jogos de campeonatos nacionais fora de seu território.

“(A decisão) ainda é só de um comitê, precisa passar por vários outras etapas, mas não ficaremos passivos”, garantiu Tebas em encontro com a imprensa estrangeira em Madri.

“Denunciaremos tudo que impedir o crescimento das ligas nacionais”, garantiu o presidente do Campeonato Espanhol.

Tebas afirmou não ter recebido bem a oposição da comissão de grupos de interesse de futebol da Fifa, confirmando a postura da federação internacional, diante das tentativas de mandar algumas partidas das ligas nacionais em outros países.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Este grupo da Fifa validou o princípio segundo o qual “os jogos nacionais oficiais devem ser disputados no território da associação em questão”.

“O que precisa ser feito é regular isso; algumas janelas no ano para que as competições nacionais que quisermos possam ser disputadas na última semana de janeiro nos Estados Unidos, na Arábia ou onde quer que seja, por que não?”, questionou Tebas.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

“Por que nossos torcedores nos Estados Unidos não podem ter o direito de ver uma partida ao vivo do Campeonato Espanhol? A NBA pode fazer isso, a NFL também… Mas o resto do mundo não podemos”, completou.

“Houve muitas renovações na Fifa. Eu acho que são novas pessoas, mas as mesmas ideias”, concluiu Tebas.

Em outubro de 2019, a LaLiga tentou levar para Miami o duelo Villarreal-Atlético, mas um juiz deu parecer favorável à Federação Espanhola e não permitiu a iniciativa.