Presidente da LaLiga explica influência do clima na retomada do futebol na Espanha

São Paulo, SP

02-06-2020 11:58:01

O presidente da LaLiga, Javier Tebas, participou do programa "El Partidazo", da emissora Movistar, e deu detalhes sobre o processo de organização do calendário para a retomada do Campeonato Espanhol, após a paralisação por conta do coronavírus.

Segundo ele, o calor do verão europeu será um problema para o agendamento dos jogos. "Trabalhamos nas últimas semanas com previsões históricas de temperatura para os próximos 15 dias, em conjunto com a Agência Meteorológica Espanhola (AEMET), focando nas cidades onde as equipes se baseiam. Se as previsões da AEMET forem alteradas, os duelos marcados para às 08h00 (13h na Espanha) seriam remarcados para às 12h (17h na Espanha). É importante que tenhamos uma partida neste horário aos finais de semana, para que nossos fãs em outras partes do mundo possam assistir aos jogos", afirmou.

A maioria dos clubes do Velho Continente não está habituada a jogar durante a estação mais quente do ano, que tem início no dia 20 de junho e acaba no 22 de setembro. As temporadas costumam se encerrar ao final da primavera, para que os jogadores tenham suas férias durante o verão. Em decorrência da pandemia, as datas terão que ser remanejadas.

"Ainda não anunciamos o calendário completo, porque ainda aguardamos essas previsões de temperatura. Haverá alguns dias em que não jogaremos, pois as datas serão muito próximas, e as equipes precisam de pelo menos 72 horas entre as partidas. Não será fácil alinhar jogos e, portanto, pode haver uma segunda-feira sem partidas, mas é assim que vai funcionar. Quatro dias por rodada a partir de agora até 19 de julho, para decidir o campeão da LaLiga, as classificações para competições europeias e os que serão rebaixados", completou Tebas.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário