Danilo marca e City vence o lanterna Huddersfield em ritmo de treino

20/01/2019 13:22:31

Em: Futebol, Futebol Inglês, Futebol Internacional, Manchester City

Neste domingo, o Manchester City não precisou de grandes esforços para derrotar o Huddersfield, em jogo válido pela rodada de número 23 do Campeonato Inglês. No John Smith’s Stadium, os comandados de Pep Guardiola deixaram a desejar no primeiro tempo, mas voltaram ligados no segundo e fecharam o placar em 3 a 0. Danilo, Sterling e Sané marcaram os gols.

Com o resultado, os Citizens se mantêm na segunda colocação da tabela de classificação, com 56 pontos ganhos, a quatro do líder Liverpool. Na próxima rodada, a equipe volta a jogar fora de casa, desta vez contra o Newcastle, no St. James Park.

O Huddersfield, por outro lado, segue em situação difícil nesta Premier League. Candidato fortíssimo ao rebaixamento, o time é o lanterna da competição, com somente 11 pontos conquistados e 10 a menos que o próprio Newcastle, primeiro fora da zona da degola.

Danilo, Sterling e Sané fizeram os gols do City neste domingo (Foto: Paul ELLIS / AFP)

Um City sem sal

Primeiro tempo bem abaixo das expectativas para o Manchester City, que não mostrou nem de perto a intensidade de jogo que está acostumado a apresentar. Foram poucos esforços e poucas chances criadas, mas, mesmo assim, os comandados de Guardiola foram ao intervalo vencendo a partida.

A primeira chegada foi aos 12 minutos, quando De Bruyne achou boa enfiada para Sterling, que foi calçado por Kongolo dentro da área. A jogada foi faltosa, mas o árbitro optou por não marcar o pênalti.

O gol saiu aos 18, quando Danilo dominou na intermediária e arriscou de longe. O zagueiro Schindler tentou interceptar o chute, mas colocou mal a cabeça na bola e acabou matando o goleiro Lossl: 1 a 0.

Antes do intervalo, a única boa chance aconteceu com 39 rodados, quando Gundogan recebeu lançamento de Fernandinho, girou e bateu para fora, assutando o Huddersfield.

O time da casa, por sinal, não conseguiu aproveitar o ritmo lento do City e sequer ofereceu perigo ao gol de Ederson.

Dez minutos para a vitória

Na volta dos vestiários, o time de Manchester voltou à normalidade e, em 10 minutos, resolveu o jogo.

Aos oito, Sané estava em posição irregular, mas contou com a falha da arbitragem para receber um bom passe de De Bruyne e, pela esquerda, cruzar na medida para Sterling. O camisa sete enfiou a cabeça na bola e aumentou a vantagem.

Dois minutos depois, Danilo lançou Aguero, que apenas amorteceu para a chegada de Sané. O alemão saiu na cara do gol e apenas tirou do goleiro Lossl para fazer o terceiro e sacramentar o triunfo do City.

Com a partida resolvida e ciente das limitações do Huddersfield, o Manchester City apenas administrou o resultado até o apito final. Aos 40, Bernardo Silva teve a chance de fazer o quarto, mas, cara a cara com Lossl, acabou chutando em cima do goleiro adversário.