Thierry Henry é confirmado como novo técnico do Monaco

São Paulo , SP
13/10/2018 08:18:43 — 13/10/2018 08:42:09

Em: Futebol, Futebol Francês, Futebol Internacional, Monaco

Neste sábado, o Monaco confirmou os rumores que circulavam na imprensa europeia desde o início da semana e anunciou Thierry Henry como seu novo treinador. O ex-jogador, revelado nas categorias de base do clube do principado, assume o cargo um dia após a destituição do português Leonardo Jardim, que já estava à frente do time há quatro temporadas.

“Seu conhecimento do futebol, sua paixão pelo jogo, seus altos padrões e seu compromisso com nossas cores tornaram sua nomeação uma realidade. Thierry está ciente da tarefa e está ansioso para começar seu novo trabalho. Ele pode contar com a nossa confiança e todo o nosso apoio para trazer uma nova dinâmica para a equipe e cumprir sua missão”, afirmou o vice-presidente Vadim Vasilyev, como reproduzido em comunicado oficial.

 

Tal como o clube, Henry também utilizou as redes sociais para noticiar o acordo e conceder suas primeiras palavras como treinador do time monegasco.

“É com muito orgulho que tenho o prazer de anunciar que aceitei o cargo de treinador do AS Monaco. Tive a sorte de receber algumas ofertas muito atraentes ao longo dos últimos meses, mas o Monaco estará sempre perto do meu coração. Tendo começado minha carreira no futebol com esse grande clube, parece que o destino vai começar minha carreira gerencial aqui também. Estou incrivelmente animado por ter esta oportunidade, mas agora o trabalho duro deve começar. Não pode esperar”, escreveu.

Como atleta, o ex-atacante vestiu o uniforme do Monaco entre 1992 e 1998, começando nas categorias de base e sendo promovido ao profissional em 1995, com Arsène Wenger no comando do time. Foram 142 partidas e 28 gols no principado francês, levantando os troféus do Campeonato Francês de 1996/1997 e da Supercopa da França de 1997, antes de se transferir ao Arsenal, onde se tornou ídolo e gravou seu nome na história do futebol.

Como técnico, esta será sua primeira experiência à frente de uma equipe profissional. Henry vinha trabalhando como auxiliar de Roberto Martinez na seleção da Bélgica, terceira colocada na Copa do Mundo da Rússia.