Futebol/Eurocopa 2020

Com jogos em 13 cidades, Uefa divulga logotipo da Eurocopa 2020

São Paulo , SP
21/09/2016 11:18:23

Em: Campeonato Eurocopa, Futebol Internacional, Notícias
000_GD0H7
Treze cidades diferentes irão receber jogos da Euro 2020(Foto: Justin Tallis/AFP)

Logo após ver o primeiro título internacional da seleção de Portugal, o caminho da próxima edição da Eurocopa, em 2020, foi oficialmente iniciado na manhã desta quarta-feira. Em cerimônia realizada em Londres, a nova identidade visual da competição foi revelada junto com um discurso do novo presidente da entidade, Aleksander Ceferin.

Marcando o aniversário de 60 anos da competição, 60 equipes irão brigar pelas vagas nas finais, disputadas em Londres, no antológico Estádio de Wembley. Outras doze cidades espalhadas pela Europa irão sediar jogos da competição.

Mostrando a união das diversas cidades europeias que sediarão partidas, a identidade da Euro 2020 terá como símbolo principal uma ponte. Cada uma das sedes terá uma marca própria, simbolizada por uma ponte icônica da cidade. O logo de Londres trará a famosa Ponte da Torre, cartão postal da capital inglesa.

The logo for the host city of London is seen during an event to launch the logo for the UEFA European Championship football competition in London on September 21, 2016. The 2020 UEFA European Championship will see matches hosted in 13 cities across Europe, with the semi-finals and final staged at Wembley Stadium in London in July 2020. / AFP PHOTO / JUSTIN TALLIS
Primeiro logo revelado foi o da sede da final, Londres. Desenho traz a famosa Ponte da Torre (Foto: Justin Tallis/AFP)

Além das 20 seleções classificadas da fase de grupos da eliminatória para a Euro – disputada de março a novembro de 2019 – outras quatro seleções serão classificadas através da nova competição europeia, a Liga das Nações da Uefa, com sua fase de grupos disputada em 2018 e as eliminatórias, em 2019.

Até as finais em Londres, Munique (Alemanha), Baku (Azerbaijão), Roma (Itália), São Petersburgo (Rússia), Bruxelas (Bélgica), Copenhague (Dinamarca), Budapeste (Hungria), Amsterdã (Holanda), Dublin (Irlanda do Sul), Bucareste (Romênia), Glasgow (Escócia) e Bilbao (Espanha) sediarão as demais partidas.

Em 2016, Portugal venceu e estragou a festa da França em sua casa. Na final, a seleção portuguesa viu Cristiano Ronaldo sair machucado ainda no primeiro tempo regulamentar e Éder marcar o gol do primeiro título do país já no segundo tempo da prorrogação.