Futebol Internacional/Copa do Rei

Barcelona misto perde para o Sevilla na estreia de Prince Boateng

São Paulo , SP
23/01/2019 20:36:11 — 23/01/2019 20:41:13

Em: Barcelona, Futebol, Futebol Espanhol, Futebol Internacional, Sevilla
O Barcelona perdeu para o Sevilla por 2 a 0 pela Copa do Rei (Foto: Cristina Quicler/AFP)

Kevin-Prince Boateng estreou pelo Barcelona com o pé esquerdo. Escalado na posição de centroavante para poupar o titular Luis Suárez, o meia-atacante não foi bem e viu seu time perder por 2 a 0 para o Sevilla, fora de casa, no jogo de ida das quartas de final da Copa do Rei.

O resultado em Sevilha obriga o Barcelona a devolver a derrota por dois gols no jogo de volta na Catalunha, que será na próxima quarta-feira. Para o Sevilla, basta perder por até um gol de diferença para chegar à fase semifinal.

No primeiro tempo, o Barcelona, repleto de reservas, teve dificuldades para se impor em campo. Com boa atuação do brasileiro Arthur, o clube catalão conseguiu dominar o meio-campo, mas o ataque formado por Malcom, Aleña e o estreante Prince Boateng não conseguia levar perigo ao gol adversário.

Por outro lado, o Sevilla que também entrou em campo com time misto, foi mais eficiente do que o Barcelona apesar de ter pouca posse de bola durante o primeiro tempo. O time da casa obrigou Cillessen a trabalhar, enquanto o seu goleiro, Soriano, foi um mero espectador da primeira etapa.

O Sevilla voltou para o segundo tempo melhor e chegou ao primeiro gol do jogo aos 15 minutos. Quincy Promes fez boa jogada pela ponta esquerda e cruzou na área. Ben Yedder tentou o cabeceio, mas não alcançou. Melhor para Pablo Sarabia, que finalizou de voleio para colocar seu time na liderança.

Depois do gol, o técnico Ernesto Valverde optou por colocar dois titulares em campo: Philippe Coutinho e Suárez nos lugares de Malcom e Boateng. No entanto, foi o Sevilla que voltou a balançar a rede. Aos 31 minutos, o francês Ben Yedder recebeu cruzamento rasteiro de Banega e, nas costas da defesa do Barcelona, completou para o gol com facilidade. Na comemoração, o atacante homenageou Emiliano Sala, desaparecido desde segunda-feira.

Ainda deu tempo para Guilherme Arana jogar. O lateral esquerdo brasileiro, cujo retorno ao Corinthians vem sendo especulado, substituiu Escudero aos 42 minutos do segundo tempo e pouco pôde fazer diante do Barcelona.