Bolívia recorre ao TAS para reverter perda de pontos nas Eliminatórias

São Paulo, SP

02-03-2017 17:25:34

A Federação Boliviana de Futebol protocolou, nesta quinta-feira, dois pedidos de recurso no Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) para tentar reverter a punição de perda de quatro pontos nas Eliminatórias da América do Sul para a Copa do Mundo de 2018 instituída pela Fifa por causa da escalação irregular de Nelson Cabrera em dois jogos da competição.

Os bolivianos já recorreram ao Comitê de Apelações da Fifa, mas o órgão não alterou a decisão do Comitê Disciplina da entidade máxima do futebol e a punição foi mantida. Com os recursos em mãos, o TAS abriu um processo de arbitragem e aguardará a argumentação da Federação Boliviana e da Fifa antes de realizar uma audiência, na qual o caso será definido.

 

 

A Fifa puniu a Bolívia pela escalação irregular do zagueiro Nelson Cabrera, que nasceu no Paraguai, mas se naturalizou boliviano. O motivo da punição é o não cumprimento da exigência de ter morado por pelo menos cinco anos seguidos no país da seleção que defende. O defensor chegou a Bolívia para atuar pelo Bolívar em 2013.

Com a decisão da entidade que comanda o futebol mundial, os bolivianos perderam quatro pontos nas Eliminatórias, enquanto Peru e Chile, seleções cujo o zagueiro Nelson Cabrera enfrentou, venceram as partidas por 3 a 0. Em campo, no entanto, a Bolívia venceu os peruanos por 2 a 0 e empatou com os chilenos por 0 a 0. Além disso, a Federação Boliviana recebeu uma multa de 12 mil francos suíços (cerca de R$ 38 mil).

Atualmente, a Bolívia ocupa a penúltima colocação das Eliminatórias da América do Sul, com sete pontos conquistados, à frente apena da lanterna Venezuela, que tem apenas cinco pontos ganhos.

Deixe seu comentário