Atlético volta a vencer o La Equidad e garante vaga nas semifinais da Sul-Americana

Do correspondente Marcellus Madureira - Belo Horizonte,MG

27-08-2019 23:24:55

O Atlético segue forte dentro da Copa Sul-Americana. Após demostrar claramente que esse é o desejo principal da diretoria, ao colocar time reserva no Brasileirão no fim de semana, o grupo principal entrou em campo contra o La Equidad, na noite desta terça-feira, e venceu por 3 a 1, em confronto no El Campin, na Colômbia.

O Atlético esperava mais dificuldade no jogo desta terça-feira. Há uma semana, a equipe colombiana foi ao Independência e com três minutos já tinha um gol no placar. Com isso na memória, o clube mineiro se armou para defender bem e não dar espaços. E assim foi na maior parte do jogo, com raras exceções – uma delas no gol sofrido. De resto, o Galo foi soberano e conseguiu fazer seus gols, duas vezes com bola parada em cruzamentos de escanteio, com Rever e Chará, e o terceiro com Elias.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

O Galo agora encara o Colón, nas semifinais do torneio. A Conmebol definiu nesta terça-feira que os jogos serão disputados nos dias 18 e 19 ida e 25 e 26 volta.

Primeiro tempo

O Atlético entrou em campo com a vantagem no jogo. Ela não era grande, afinal, uma vitória simples do La Equidad era suficiente para levar a classificação. O Galo entrou em campo, porém, com sua equipe descanada já que no fim de semana se preservou e todos os jogadores estavam inteiros.


Os primeiros minutos mostraram um Atlético muito consciente em campo. A marcação se mostrava bastante encaixada e taticamente o Galo sobrava. O La Equidad tentava aparecer na frente, mas não conseguia avançar nas linhas defensivas alvinegras, todas bem colocadas e a equipe evitava com isso sustos.

A primeira chegada do Galo ocorreu aos 17. O lateral Patric conseguiu o cruzamento e encontrou Ricardo Oliveira. O atacante chutou, mas a bola pegou na zaga. O Atlético começou a gostar da partida. No minuto seguinte conseguiu seu gol.

Em cruzamento na área, aos 19, Rever conseguiu desviar a bola, mas a defesa consegue afastar. A bola voltou no zagueiro e, no susto, a bola parou no fundo das redes.

Após o gol atleticano, o La Equidad passou a dominar a partida. A equipe trocava vários passes, mas era algo que gerava pouco resultado. A bola variava de lado, mas não chegava próximo a área e a defesa atleticana conseguia se comportar muito bem.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, o La Equidad voltou querendo jogo. Assim como antes da parada para o descanso, o domínio era claro, mas desta vez não demorou para que a defesa fosse vazada. Aos 2 minutos, Mier tabelou com Vargas e aproveitou que Elias não conseguiu acompanhar a marcação. O meia acertou um belo chute para colocar a bola para dentro.

No entanto, três minutos depois, o Galo conseguiu fazer mais um gol. Em cruzamento na área, Jair desviou no primeiro pau e, no segundo, Chará, de peixinho colocou para o fundo das redes.

Com o gol, a realidade da partida mudou. O Atlético ganhou uma tranquilidade ainda maior. Isso porque o gol fora de casa é critério de desempate na Copa Sul-Americana. Com isso, o La Equidad teria de fazer mais três gols se quisesse se classificar.

O La Equidad seguia tentando, trocava passes, mas sabia que naquele momento sua situação era muito difícil, sua classificação improvável. Isso impulsionou quando o Galo, aos 30 fez um jogo muito coletivo, uma bela troca de passes e a redonda chegou até Elias que chutou para ampliar a contagem.

FICHA TÉCNICA
LA EQUIDAD 1 X 3 ATLÉTICO-MG

Local: El Campín, Colômbia
Data: 27 de julho de 2019 (Terça-feira)
Horário: 21h30(de Brasília)
Árbitro: Mário Diaz

Gols: Rever, aos 20 do primeiro tempo, Chará, aos 5 do segundo tempo, Elias, aos 30 do segundo tempo (Atlético); Mier, aos 2 do segundo tempo (La Equidad)
Cartões: Vinicius, Chará, Jair (Atlético); Riquett, Pacheco (La Equidad)

ATLÉTICO-MG: Cleiton, Patric, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Jair, Elias, Cazares (Otero), Vinicius (Geuvânio) e Yimmi Chará (José Welison); Ricardo Oliveira
Técnico: Rodrigo Santana

LA EQUIDAD – Novoa, Pacheco, Arboleda, Riquett, Torralvo, Pablo Lima, Motta (Mier), Vargas, Barona (Jesus Gonzalez), Camacho (De Alba), Peralta.
Técnico: Humberto Sierra.

Deixe seu comentário