Última virada na decisão da Copa do Brasil aconteceu no Allianz Parque

São Paulo, SP

07-03-2021 06:30:45

No confronto de ida da final da Copa do Brasil de 2020, o Palmeiras venceu o Grêmio, em Porto Alegre, por 1 a 0. A última vez que um time se sagrou campeão da competição tendo perdido o primeiro jogo foi em 2015, com o próprio Palestra.

O Verdão enfrentou o Santos na final daquela edição. O confronto seria uma revanche para o Alviverde, já que no início daquele ano, o Peixe venceu o Palmeiras na disputa de pênaltis pelo título do Campeonato Paulista.

O jogo de ida ocorreu na Vila Belmiro e, com menos de cinco minutos, Arouca cometeu pênalti em Ricardo Oliveira e, na cobrança, Gabigol chutou na trave. Mas, no segundo tempo, haveria a redenção de Gabriel, que fintou a marcação e, cara a cara com Fernando Prass, marcou o gol da vitória, aos 34. No último lance da partida, o Santos teve chance de ampliar, pois Ricardo Oliveira deu um toque na bola que tirou o goleiro, mas Nilson, livre de marcação, desperdiçou a oportunidade com o gol vazio.


No Allianz Parque, no jogo da volta, com dez segundos de jogo, Gabriel Jesus perdeu chance frente a frente com Vanderlei. A pressão alviverde só conseguiu furar a defesa dos visitantes aos 12 do segundo tempo. Em boa tabela, Dudu ficou livre para empatar o confronto. O camisa 7 marcaria de novo, aos 40, o que daria o título para os donos da casa. Porém, o Santos descontou dois minutos depois, com Ricardo Oliveira.


O resultado de 2 a 1 levou o confronto para a disputa por pênaltis, e quem brilhou, tanto com as mãos como com os pés, foi Fernando Prass. O goleiro do Verdão defendeu a cobrança de Gustavo Henrique, e converteu a batida decisiva que deu o terceiro título ao clube.

Depois de 2015, os quatro campeões da Copa do Brasil não perderam no jogo de ida. Em 2016, o Imortal bateu o Atlético-MG por 3 a 1, no Mineirão, e na volta empatou por 1 a 1.

Posteriormente, viria o bicampeonato do Cruzeiro. Em 2017, empatou nos dois confrontos com o Flamengo e garantiu o título nos pênaltis. Já em 2018, venceu o Corinthians tanto em Minas como em São Paulo. Na última edição, o Athletico-PR repetiu o feito da Raposa, ao vencer o Internacional nos dois jogos.

Neste domingo, o jogo de volta da final da Copa do Brasil de 2020 será neste mesmo estádio que ocorreu a última virada da finalíssima da competição, às 18 horas. Qualquer empate garante a taça ao Palestra, já o Tricolor Gaúcho precisa vencer por dois gols de diferença. Vitória dos visitantes por diferença de apenas um gol leva disputa para as penalidades.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário