Copa do Brasil

dos Aflitos | 20/02/2019

Futebol/Copa do Brasil

Santa Cruz elimina Náutico nos pênaltis em clássico pela Copa do Brasil

São Paulo , SP
20/02/2019 23:42:06 — 21/02/2019 00:22:37

Em: Copa do Brasil, Futebol, Náutico, Santa Cruz

O Santa Cruz está na próxima fase da Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira, o Tricolor pernambucano recebeu o Náutico no estádio do Arruda e empatou em 1 a 1 no tempo regulamentar, resultado que acabou forçando a decisão nos pênaltis. Com erros de Tharcysio e Luiz Henrique, o Timbu acabou levando a pior (4 a 2) e garantindo o Santa na terceira fase do torneio mata-mata.

Agora, o Santa Cruz espera o vencedor do duelo entre ABC e Moto Club para descobrir quem será o seu próximo adversário na Copa do Brasil. As equipes, no entanto, se enfrentam apenas no próximo dia 7 de março, no Frasqueirão.

Santa Cruz fez o dever de casa eliminando o rival Náutico da Copa do Brasil (Foto: Santa Cruz/Divulgação)

O jogo – Logo aos 15 segundos de jogo o Santa Cruz já deu seu cartão de visitas assustando o goleiro adversário. Pipico arrancou pela direita e recebeu dentro da área, dominando e batendo rasteiro, entretanto, viu Bruno fazer a defesa.

O Náutico só foi responder aos 21 minutos e graças à falha da defesa do Santa Cruz. Danny Morais recuou fraco para o goleiro Anderson e por pouco o atacante do Timbu não chegou antes que o rival na bola, levando à loucura a torcida que compareceu ao Arruda.

Mais eficiente, o Santa Cruz acabou premiado com o primeiro gol da partida aos 28 minutos. Depois da falha da defesa, Pipico girou dentro da área, finalizou e ainda contou com o desvio no meio do caminho para “matar” o goleiro Bruno e correr para o abraço.

Antes de as equipes irem para o intervalo, porém, o ex-corintiano Jorge Henrique tratou de deixar tudo igual em Recife. Após jogada pela esquerda, o atacante aproveitou a sobra para dominar na pequena área e bater sem chances para Anderson.

No segundo tempo o Santa Cruz tentou pressionar a saída de bola do Náutico e dificultou bastante a vida dos rivais. Ainda assim, o Tricolor pernambucano só chegou ao ataque com eficiência, de fato, aos 23 minutos, quando Cesinha completou o cruzamento no segundo pau cabeceando para fora.

O Náutico, por sua vez, só não conseguiu a classificação no tempo regulamentar por causa de Anderson. O goleiro do Santa Cruz operou um verdadeiro milagre aos 44 minutos, quando Fabio recebeu em velocidade, se livrou da marcação, invadiu a área e, ao bater, viu o arqueiro coral fazer excelente defesa, forçando a decisão nos pênaltis.

Pênaltis –  Nas penalidades, melhor para o Santa Cruz, que converteu todas as suas cobranças e contou com os erros de Tharcysio e Luiz Henrique na marca da cal para vencer por 4 a 2 e eliminar o Náutico no clássico válido pela segunda fase da Copa do Brasil.