Real aproveita desfalque de Neymar, bate PSG e avança às quartas

São Paulo , SP
06/03/2018 18:39:16 — 06/03/2018 18:48:28

Em: Escolha do editor, Futebol Internacional, Liga dos Campeões, Paris Saint Germain, Real Madrid

O Real Madrid confirmou a sua classificação às quartas de final da Liga dos Campeões da Europa durante a tarde desta terça-feira. Sem se intimidar no hostil Parque dos Príncipes, o time espanhol se aproveitou do desfalque do lesionado Neymar e derrotou o Paris Saint-Germain por 2 a 1, vencendo por 5 a 2 no placar agregado da disputa.

Para minimizar a ausência do craque brasileiro e reverter a desvantagem de 3 a 1, o técnico Unai Emery apostou em Ángel Di María. O argentino, contudo, foi bem marcado e pouco produziu diante do bem postado sistema defensivo merengue, vazado apenas por Cavani em lance despretensioso.

Já o comandante do Real, Zinedine Zidane, armou um meio-campo de forte marcação e velocidade com Kovacic, Asensio e Lucas Vázquez, deixando Kroos, Modric e Bale no banco. A ideia era aproveitar os espaços nos contra-ataques. E a estratégia funcionou bem nas jogadas dos gols marcados por Cristiano Ronaldo e Casemiro.

O adversário do atual campeão europeu nas quartas de final será conhecido por meio de sorteio, a ser realizado no dia 16 de março. Já o PSG, cujo sonho do título inédito foi adiado, volta as suas atenções para o Campeonato Francês, do qual é o líder disparado com 14 pontos à frente do segundo colocado Monaco.

O Jogo – Com muita fumaça em campo, a partida começou em clima de Copa Libertadores. O time francês, empurrado por sua torcida, insinuou uma pressão nos primeiros minutos. Bem postados, no entanto, os espanhóis se seguraram bem e não se resignaram em somente defender.

Tanto é que a primeira chance de gol foi do Real. Aos 17 minutos, após cobrança curta de escanteio pela direita, Sergio Ramos finalizou de esquerda dentro da pequena área. No reflexo, Aréola fez grande defesa.

O goleiro do PSG voltou a trabalhar bem 20 minutos depois, quando Benzema recebeu lançamento de Marcelo nas costas de Daniel Alves e tocou na saída do arqueiro, que evitou o gol da equipe merengue com a perna esquerda.

No fim do primeiro tempo, o time parisiense finalmente colocou o goleiro do Real para trabalhar. Primeiro em chute de Di María pela direita após boa trama pelo meio entre Daniel Alves e Verratti. Depois, pelo mesmo lado, Mbappé recebeu bom passe do argentino e bateu cruzado, exigindo grande defesa de Navas.

A situação do PSG se tornaria ainda mais complicada aos cinco minutos da etapa final. Após Daniel Alves perder a bola para Asensio no meio, o jovem descolou grande passe para Vázquez, que cruzou na medida para Cristiano Ronaldo testar e silenciar o Parque dos Príncipes.

As coisas ficaram piores aos 21 minutos, quando Verratti foi advertido com o segundo cartão amarelo após reclamar com veemência por uma falta não marcada pelo árbitro. Pouco depois, o Real quase ampliou com Asensio, que finalizou na trave depois de cruzamento de Marcelo.

Apesar da desvantagem numérica, o PSG buscou o empate. Aos 25, após cruzamento de Di María, Thiago Silva cabeceou para o meio da área, a bola desviou em Casemiro e bateu no joelho de Cavani antes de entrar no gol do batido Navas.

Em rápido contra-ataque, contudo, o Real Madrid liquidou a partida. Aos 34 minutos, Cristiano Ronaldo recebeu livre na direita e acinou Vázques, que cruzou rasteiro para o meio. Rabiot afastou mal e Casemiro aproveitou o rebote para chutar. A bola desviou em Marquinhos e enganou o goleiro Aréola.

FICHA TÉCNICA
PARIS SAINT-GERMAIN 1 X 2 REAL MADRID

Local: Parque dos Príncipes, em Paris (França)
Data: 06 de março de 2018, terça-feira
Horário: 16h45 (horário de Brasília)
Árbitro: Felix Brych (ALE)
Auxiliares: Mark Borsch (ALE) e Stefan Lupp (ALE)
Cartão Amarelo: Verratti e Cavani (PSG); Kovacic (Real Madrid)
Cartão Vermelho: Verratti (PSG)
Gols:

PSG: Cavani, aos 25 minutos do segundo tempo
REAL MADRID: Cristiano Ronaldo, aos cinco, e Casemiro, aos 34 minutos do segundo tempo

PSG: Aréola; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Berchiche; Verratti, Thiago Motta (Pastore) e Rabiot; Di María (Draxler), Cavani e Mbappé (Lass Diarra)
Técnico: Unai Emery

REAL MADRID: Navas; Carvajal, Varane, Sergio Ramos e Marcelo; Casemiro, Kovacic (Kroos), Lucas Vázquez e Asensio (Isco); Cristiano Ronaldo e Benzema (Bale)
Técnico: Zinedine Zidane




  • Chico Guru

    COITADO DO PSG…ACHARAM QUE PODERIAM VIVER SEM O PALMEIRENSE NEYMAR…SE ENGANARAM hehehe

    • SÉRIEBSÓPARAOSPEQUENINOS

      A B0NECA SEM MUNDIAL ALÉM DE [email protected] FUNCIONAL, TAMBÉM ANDA SURTANDO DE VEZ E NÃO PARA DE DEF3CAR PELA BOCA!!!!! MOÇA, COM O CAI,CAI FOI 3!!!!! HEHEHEHEHEHEHE MAIS É UM ZÉ MESMO…PQP

  • gabriel silva

    VOCÊ QUE ESTÁ CANSADO DE TER POUCA PROGRAMAÇÃO DE TV POR ASSINATURA E NÃO CONCORDA COM OS VALORES COBRADOS. TEMOS A SOLUÇÃO
    FAZEMOS LIBERAÇÃO DE CANAIS E DIMINUÍMOS O VALOR DA FATURA
    PARA TODO BRASIL
    WHATSAPP 11 958694345

  • MANOEL

    Definição to time ( não equipe ) do PSG . . . Timinho muito pequeno q se disputasse o Brasileirão, ficaria no máximo entre os classificados para a Libertadores . . . Um goleiro ( bom ) . . . Dois laterais razoáveis ( o tal do Dani Alves, credo . . . que nojo . . . Dois zagueiros ( bons ( sic, sic . . . ) . . . Três meio campistas . . . ( Thiago Mota e Rabiot só jogam de “ladinho”, sendo este último foi o q disse que ganhar de oito é fácil . . . acho que ele pensa que é o Iniesta . . ( e o Verratti, este sim sabe jogar e muito ) e três atacantes: Di Maria ( sic, sic . . . ), Cavani ( sic, sic . . . ) e Mbappé ( cru ainda ) . . . E p/ finalizar, o “treineiro”, bem o “treineiro” . . . sabe nada . . . Sem contar os reservas: alguns c/ muitas qualidades e outros nem tanto . . . Deu dó . . .

  • anderson

    “…o time espanhol se aproveitou do desfalque do lesionado Neymar …”. Ao que me parece, o caicai jogou há duas semanas e tomou 3. Hoje, o time tomou só dois. É só somar dois mais dois…

  • geragodoy

    É DIRETORIA, CASEMIRO NÃO SERVIA PARA JOGAR NO SÃO PAULO ENTREGARAM ELE DE GRAÇA PARA REAL.

  • Rafael Da Silva Luna

    Poxa se Neymar tivesse atuado nas duas patidas o Real estaria eliminado agora… Ops, ele atuou na ida, quer dizer entrou em campo… he he he… Sempre dando migué… O que esperar de Neymar na Copa 2018? Que ele se machuque o Brasil tome uma goleada e todo mundo fique mandando FORÇA NEYMAR, ESTAMOS COM VOCÊ….

  • Rafael Da Silva Luna

    Um time se faz com 11 e não com 1 só…