Elenco do Vasco valoriza bom ambiente na equipe

Gazeta Press - Rio de Janeiro,RJ

02-03-2016 13:31:08

(Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)
Boa relação no vestiário reflete em campo: o Vasco ainda não perdeu em 2016 (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

O Vasco terminou o ano passado em baixa, pois apesar de ter reagido na reta final do Campeonato Brasileiro, não conseguiu evitar o rebaixamento. Apesar desse cenário, o elenco foi mantido e os jogadores parecem estar satisfeitos com a situação. Pelo menos no discurso e nas ações do cotidiano do clube o que se percebe é um plantel unido. Essa união tem se refletido em bons resultados. O Cruz-Maltino está invicto em 2016, foi o primeiro a garantir classificação para a segunda fase do Campeonato Carioca e vem jogando um ótimo futebol.

"Temos um grupo muito unido e que está sempre disposto a se ajudar dentro de campo. Todos sabem da importância do coletivo para o time do Vasco e por isso mesmo a entrega é constante. Ninguém aqui duvida que o ano de 2016 vai ser muito positivo para o clube por conta da nossa capacidade de união. A minha expectativa é que o Vasco conquiste muitos títulos justamente porque os jogadores são muito ligados", analisou o jogador.

Nenê, principal ídolo da torcida no momento, vê que a decisão do presidente Eurico Miranda e da diretoria de valorizar o elenco mesmo depois do rebaixamento no Campeonato Brasileiro fez o elenco vascaíno "comprar a briga do clube".

"Acho que o fato de termos mantido uma base em relação ao ano passado fortaleceu demais a todos. Apesar do rebaixamento, todos aqui acreditam no potencial desse grupo e a diretoria ajudou muito dando respaldo nos momentos em que precisamos. Isso acabou formando um grupo disposto a brigar o tempo todo pelo time dentro de campo. Essa situação se reflete nos resultados nos gramados", disse o meia.

Dentro de campo o time volta a jogar no próximo sábado, quando enfrenta o Bonsucesso no Estádio Los Larios, em Duque de Caxias (RJ), às 18h30 (de Brasília), pela última rodada da primeira fase do Campeonato Carioca. Já classificado o Cruz-Maltino deverá preservar a maioria dos seus titulares, mas o técnico Jorginho só deverá divulgar a escalação no último treino antes do jogo.

Na partida de sábado, o goleiro Martín Silva completará 100 jogos com a camisa cruz-maltina. Para o site oficial do Vasco, o uruguaio falou sobre o feito "Para mim é motivo de orgulho pessoal chegar a essa marca, pois é um mercado muito competitivo. Ser titular 100 vezes com essa camisa não é facil para ninguém. Tem que mostrar serviço jogo a jogo. Estou muito feliz e para mim é um orgulho poder dizer que joguei 100 jogos com a camisa do Vasco. Esse é um caminho que ainda tenho muito para percorrer", comentou.

Fora de campo o Vasco acertou a rescisão de contrato com a patrocinadora Viton 44, que vai pagar ainda as cotas em aberto de 2015 e de janeiro desse ano. As negociações para a renovação do vínculo não caminharam de maneira positiva e Eurico Miranda já está no mercado em busca de soluções para a perda dessa receita. Já as negociações com a Caixa Econômica Federal seguem a todo vapor.

Deixe seu comentário