Gazeta Esportiva

Em jogo de sete gols, Náutico bate o Tombense e segue vivo na briga contra o Z4 na Série B

São Paulo, SP

04/10/22 | 23:37 - 04/10/22 | 23:51

Na noite desta terça-feira, o lanterna Náutico recebeu o Tombense pela 33ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, no Estádio dos Aflitos, no Recife (PE), e venceu por 4 a 3. Wellington, Victor Ferraz, Everton Brito e Jean Carlos marcaram os gols do time nordestino, enquanto Kleiton, Igor Henrique e Jean Lucas fizeram para os visitantes.


Assim, o Timbu volta a vencer na competição após três derrotas seguidas. Apesar de permanecer na última colocação, com 30 pontos, o time pernambucano mantém vivo o sonho de permanência na Série B. A distância para o Novorizontino - primeiro clube fora do Z4 - é de sete pontos.

Por outro lado, o Tombense perde a chance de garantir a pontuação considerada de segurança para a permanência antecipada no campeonato. Com a derrota, a equipe continua com 43 pontos - dois atrás dos 45 projetados - e cai para a 12ª posição.

Pela próxima rodada, portanto, o Náutico visita o Criciúma, às 19 horas (de Brasília) de sexta-feira, no Heriberto Hulse, em Criciúma (SC). Na noite seguinte, o Tombense recebe o CRB, a partir das 18h30, no estádio Soares de Azevedo, em Muriaé (MG).

O duelo entre Náutico e Tombense

Buscando garantir a pontuação de segurança na permanência da Série B, o Tombense não se intimidou e abriu o placar logo aos dez minutos de jogo. David chegou à linha de fundo e cruzou, o atacante Kleiton então subiu e testou para fazer o primeiro gol da noite no Recife.

A partir daí, o Náutico passou a dominar as ações ofensivas do jogo e pressionar os visitantes. Assim, seis minutos depois, chegou ao empate, com Wellington. Em jogada na direita, Everton Brito se esforçou e conseguiu o cruzamento para o zagueiro, que nem precisou saltar para testar firme e deixar tudo igual.

Depois, o Náutico chegou à virada aos 31 minutos. Jean Carlos cobrou falta na área e Victor Ferraz apareceu para resvalar levemente de cabeça para trás e vencer o goleiro Felipe Garcia, colocando os donos da casa à frente do marcador.

Ainda antes do fim do primeiro tempo, o Timbu fez mais um. Aos 41, após chute perigoso de x, Felipe Garcia conseguiu fazer grande defesa, mas Everton Brito aproveitou o rebote do goleiro e fez o terceiro do alvirrubro.

Dois minutos depois, o Tombense respondeu em bela jogada de David pela direita. O lateral cruzou, porém, Ciel, sozinho na segunda trave, mandou para fora, sem goleiro.

Mais gols na segunda etapa

Na volta do intervalo, a mudança de postura do Tombense foi recompensada aos 19 minutos da etapa final. Após cobrança de escanteio, Igor Henrique apareceu dentro da área e, livre de marcação, diminuiu para os visitantes, colocando fogo na partida.

Diante disso, oito minutos depois, o time mineiro empatou o confronto nos Aflitos. A arbitragem assinalou pênalti em toque de mão de João Paulo em cabeçada de Kleiton. Na cobrança, o meia Jean Lucas bateu com categoria, deslocou o goleiro Jean e igualou novamente o marcador.

Por fim, apesar de tomar o empate, o Náutico não se abalou e conseguiu voltar a ter vantagem no placar. Aos 35, após bola afastada pela defesa do Tombense, Jean Carlos pegou chute de rara felicidade para vencer Felipe Garcia e marcar um belo gol, o quarto do Timbu, o sétimo da partida.

Deixe seu comentário