Sob ameaças, Corinthians recebe o embalado, mas desfalcado Santos em Itaquera

São Paulo, SP

06-10-2020 21:18:12

Corinthians e Santos se enfrentam nesta quarta-feira, às 19h (de Brasília), na Neo Química Arena, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Timão não vence (e não faz um gol) há três rodadas e ocupa a 14ª colocação no Brasileirão, com 14 pontos. O Peixe tem 10 partidas de invencibilidade, está classificado às oitavas de final da Libertadores da América e é o sexto na tabela do Nacional, com 20 pontos.

Na véspera do clássico, a Gaviões da Fiel, principal organizada do clube, protestou na porta do CT Joaquim Grava contra dirigentes e atletas mais experientes. Os torcedores chegaram a falar em “guerra” contra o Peixe e fizeram ameaças em caso de novo insucesso.


É nesse clima que Dyego Coelho comandará o time pela sexta vez. Assim como nas demais, a escalação não será repetida, afinal, Otero e Cantillo são desfalques certos por terem sido convocados por suas seleções.

Há uma tendência de que Cazares inicia pela primeira vez como titular desde que foi contratado.

O Santos terá vários desfalques para o clássico: Carlos Sánchez (lesão no joelho), Raniel (trombose), Soteldo (seleção venezuelana), Arthur Gomes (suspenso), Lucas Veríssimo (edema na panturrilha), Marinho (desconforto muscular) e Alison (canelite). O técnico Cuca recebeu o terceiro cartão amarelo e será substituído pelo auxiliar Cuquinha.

No Campeonato Paulista, o Corinthians venceu o Santos por 2 a 0, em fevereiro. Os gols foram marcados por Everaldo e Janderson.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS X SANTOS

Local: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)
Data: 7 de outubro de 2020, quarta-feira
Horário: 19h00 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)
VAR: Rodrigo Carvalhães de Miranda

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Gil, Danilo Avelar e Lucas Piton; Gabriel (Xavier) e Roni (Ramiro); Cazares, Luan e Léo Natel; Jô
Técnico: Dyego Coelho

SANTOS: João Paulo, Pará, Luiz Felipe, Luan Peres e Felipe Jonatan; Diego Pituca, Jobson, Madson e Jean Mota; Lucas Braga e Kaio Jorge
Técnico: Cuquinha


Deixe seu comentário