Futebol/Campeonato Brasileiro

Sem dar pistas, Dorival faz últimos ajustes antes de pegar o Grêmio

Marcelo Baseggio - São Paulo, SP
14/11/2017 13:32:25 — 14/11/2017 13:33:38

Em: Brasileiro Série A, São Paulo

O São Paulo finalizou nesta terça-feira sua preparação para o confronto contra o Grêmio, válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ciente da importância do duelo, o técnico Dorival Jr decidiu liberar apenas os 15 minutos inicias da atividade à imprensa e, posteriormente, com os portões fechados, trabalhou a parte tática com os jogadores que entrarão em campo em Porto Alegre.

Durante o aquecimento, única parte do treino que os jornalistas tiveram acesso, foi possível ver o lateral-direito Bruno treinando separado enquanto os jogadores batiam bola. Depois de um longo período ausente, o jogador parece estar praticamente recuperado dos problemas cervicais que atrapalharam a reta final de sua temporada. Hernanes foi outro jogador que fez um trabalho à parte, mas não deve ser dor de cabeça para Dorival Jr.

Ciente dos perigos que o Grêmio pode oferecer à sua equipe, Dorival Jr posicionou os titulares em uma metade do campo e deu diversas instruções aos atletas durante o treinamento, conforme divulgado pelo São Paulo. Enquanto isso, do outro lado do gramado, os reservas aprimoraram a parte técnica em atividades comandadas pelo restante da comissão técnica tricolor.

Sem poder contar com Éder Militão, suspenso após a entrada violenta no lateral-esquerdo Henrique, do Vasco, Dorival Jr não deu pistas sobre quem assumirá a faixa direita do campo, no entanto, a tendência é que o jovem Araruna seja o escolhido. Outro desfalque para o técnico tricolor é Cueva, que está com a seleção peruana disputando a repescagem para a Copa do Mundo e deve ser substituído por Maicosuel.

Na 11ª colocação com 45 pontos, o São Paulo, que viaja para Porto Alegre nesta terça-feira, pode confirmar sua permanência na Série A caso vença o Grêmio, fora de casa, em partida marcada para esta quarta, às 19h30 (de Brasília). Os matemáticos creem que os 47 pontos são suficientes para livrar qualquer equipe do rebaixamento, entretanto, a torcida, ciente de que o time dificilmente voltará para o Z4, torce por um triunfo para seguir sonhando com uma possível classificação à Libertadores.