Santistas fazem homenagem à Chape no CT Rei Pelé: "Triste demais"

Do correspondente Vitor Anjos - Santos,SP

30-11-2016 18:45:57

O elenco do Santos iria se reapresentar na tarde da última terça-feira, no CT Rei Pelé, depois da derrota por 2 a 0 para o Flamengo, no último domingo, no Maracanã. Porém, após a tragédia envolvendo a Chapecoense, o Peixe decidiu cancelar as atividades e também o atendimento aos jornalistas. Nesta quarta-feira, os jogadores e a comissão retomaram os treinos. Antes de começar o trabalho, jogadores e comissão técnica se reuniram em círculo no centro do gramado e fizeram um minuto de silêncio em homenagem aos 71 mortos no acidente que aconteceu na Colômbia.

"Eu tinha amigos ali dentro. Fiquei triste demais. Chocado. O mundo inteiro se mobilizou. É complicado falar alguma coisa, mas quero mandar muito força e muita luz para eles. Os clubes vão fazer de tudo para ajudar a Chapecoense, para que eles possam se reerguer. Sabemos que é um momento muito complicado. Torcemos por eles", afirmou o volante Renato.

O meia Lucas Lima, por sua vez, lembrou das seis pessoas que sobreviveram ao acidente, entre elas o lateral Alan Ruschel, o goleiro Follmann e o zagueiro Neto, ex-Santos. "Certas coisas você fica até sem palavras. O melhor que posso fazer é orar pela vida das famílias, pelos que foram, e pela recuperação daqueles que ainda têm vida. Claro que temos muitos amigos lá. Fazem a mesma profissão que escolhemos fazer. É lamentável e é uma coisa que vai ficar marcada pra sempre na vida de todos. Como falei, são pessoas como nós. Seres humanos. Independentemente da profissão, não desejamos isso a ninguém, infelizmente aconteceu. Vamos continuar orando para que Deus dê força para as famílias daqueles que se foram", disse o camisa 10.

Virando a página da tragédia, o Peixe já começou sua preparação para o último jogo da equipe no ano, contra o América-MG, na Vila Belmiro. Inicialmente, a partida aconteceria neste domingo, às 17h (de Brasília). Porém, também por conta do acidente com o avião que transportava a equipe de Chapecó, o duelo foi transferido para o próximo dia 11, assim como toda a 38ª rodada do Campeonato Brasileiro.

"É um jogo teoricamente que não acrescenta muito para eles, pois já estão rebaixados. Esperamos terminar com uma vitória em casa para ficar com a segunda colocação e já projetar 2017. Sabemos da dificuldade em enfrentar equipes que não estão com responsabilidade. Mas a gente espera sair com uma vitória para terminar o ano bem", concluiu Renato.

Deixe seu comentário