Novo Corinthians tem teste de fogo contra o Flamengo em Itaquera

São Paulo, SP

17-10-2020 20:00:02

Vagner Mancini vai estrear no comando do Corinthians dentro da Neo Química Arena neste domingo, contra o Flamengo. Na última quarta-feira, no primeiro desafio com a nova comissão técnica, o Timão teve escalação e formação diferente em campo, e assim conseguiu vencer o Athletico-PR depois de cinco rodadas de jejum.

O desafio agora é contra um dos líderes. A partir das 16 horas (horário de Brasília), este “novo Corinthians” terá uma verdadeira “prova de fogo” nesta 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Ramiro e Bruno Méndez, suspensos, estão fora. Jô, machucado, também não será relacionado. Em compensação, Otero e Cantillo voltam de suas seleções, além de Cássio, que cumpriu suspensão na última quarta-feira. Entre as novidades, Boselli deve ser titular após oito meses.

“A importância da vitória de domingo é para confirmar aquilo que fizemos na quarta. Jogo muito igual, conseguimos uma grande vitória, com um a menos, no último minuto, isso nos dá confiança de que esse é o caminho. Sabemos da importância da vitória não só pela confiança, mas pelos três pontos, que vai nos deixar uma posição melhor”, comentou Fagner.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Do lado do Flamengo, Rodrigo Caio e Arrascaeta estão vetados pelo departamento médico. Everton Ribeiro é dúvida também por causa de um incômodo.

Na quarta-feira, o rubro-negro jogará pela Libertadores da América e, por isso, há preocupação especial com os principais atletas.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS X FLAMENGO

Local: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)
Data: 18 de outubro de 2020, domingo
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Jose Eduardo Calza (RS)
VAR: Wagner Reway (PB)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Gil, Marllon e Lucas Piton; Xavier, Éderson e Camacho (Cantillo); Léo Natel, Mateus Vital e Boselli. Técnico: Dyego Coelho

FLAMENGO: Hugo, Isla, Thuler, Leó Pereira e Renê; Willian Arão, Thiago Maia, Gerson e Diego; Lincoln (Bruno Henrique) e Pedro
Técnico: Domènec Torrent


Deixe seu comentário