Brasileiro Série A

Mineirão | 18/08/2019

Líder Santos visita o ameaçado Cruzeiro na estreia de Rogério Ceni

Lucas Musetti e Marcellus Madureira - Santos e Belo Horizonte
17/08/2019 20:00:49

Em: Brasileiro Série A, Cruzeiro, Escolha do editor, Futebol, Notícias, Santos
Rogério Ceni visitou o Sevilla em 2016 para aprender com Sampaoli (Reprodução)

O líder Santos visita o ameaçado Cruzeiro neste domingo, às 16h (de Brasília), no Mineirão, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. 

O jogo marcará a estreia de Rogério Ceni. O técnico aceitou deixar o Fortaleza para evitar o rebaixamento e brigar pelo título da Copa do Brasil. A Raposa ocupa atualmente a 17ª colocação no Nacional, com 11 pontos. O objetivo de curto prazo é ajeitar a equipe com poucos dias de trabalho depois do mau desempenho recente com Mano Menezes.

O Peixe segue em primeiro, três pontos à frente do Palmeiras, mas precisa se reabilitar para manter a vantagem após perder o clássico contra o São Paulo por 3 a 2 no último sábado, no Morumbi.

O Cruzeiro não contará com Edilson, expulso contra o Avaí, e Rodriguinho, em recuperação de cirurgia na região lombar. Weverton, com edema na coxa direita, é dúvida. Thiago Neves e Fred, ausentes no empate em Santa Catarina por causa de suspensão, ficam à disposição de Ceni. O centroavante deve ser reserva de Sassá.

No Alvinegro, o único desfalque é Felipe Aguilar, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. O substituto deve ser Victor Ferraz, sem a manutenção do esquema com três zagueiros. Jorge, convocado pela seleção brasileira, está confirmado. A tendência é que Felipe Jonatan atue mais uma vez no meio-campo, pela esquerda.

“A pessoa fica mais leve. A alegria é muito grande. Como sempre, espero dar o melhor neste jogo de domingo para ajudar o time a sair de Belo Horizonte com mais três pontos”, disse Jorge, que tem um gol e duas assistências em 18 jogos.

FICHA TÉCNICA
Cruzeiro x Santos

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 18 de agosto de 2019
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Auxiliares: Rafael da Silva Alves e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS)
VAR: Caio Max Augusto Vieira (RN)

CRUZEIRO: Fábio, Orejuella, Léo, Dedé, Egídio; Henrique, Ariel Cabral, Robinho (Marquinhos Gabriel) e Thiago Neves; Pedro Rocha e Sassá (Fred)
Técnico: Rogério Ceni

SANTOS: Everson, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Jorge; Diego Pituca, Carlos Sánchez e Felipe Jonatan; Derlis González, Soteldo e Eduardo Sasha
Técnico: Jorge Sampaoli