Héber se diz aliviado e promete definir ação nesta quinta após críticas

Tomás Rosolino - São Paulo, SP
19/10/2017 01:40:37

Em: Brasileiro Série A, Corinthians, Futebol

O árbitro Héber Roberto Lopes se mostrou bastante aliviado ao deixar os vestiários do estádio de Itaquera na noite desta quarta-feira, após o empate por 0 a 0 entre Corinthians e Grêmio, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Criticado e xingado pelo presidente dos gaúchos, Romildo Bolzan, antes da partida, ele reconheceu que estava pressionado para a partida e prometeu tomar uma medida quanto às críticas nesta quinta-feira.

“Foi um fardo que tiramos, mas a vida segue. Fim de semana tem rodada, arbitragem sempre está em um momento difícil, mas temos pessoas que nos dão suporte. Graças a Deus eu tenho uma experiência no futebol que proporcionou que eu ficasse tranquilo, e os jogadores também colaboraram. Vida que segue. Obrigado pela oportunidade de falar também”, comentou o juiz, que não teve lances polêmicos no embate.

“Sei da responsabilidade que é, não só o líder contra o segundo, como todos os jogos precisam de muita atenção e muito empenho. A partir de amanhã (quinta-feira) vou me inteirar, já tenho à disposição alguns advogados para se inteirarem do fato. Eu não posso falar nada, porque procurei ficar distante. Vou rever os fatos e vou me pronunciar amanhã de uma maneira diferente”, disse, admitindo já ter na cabeça algumas ideias do que fazer.

“Tenho que me atentar ao que foi dito. A comissão nacional de arbitragem pediu para que eu me concentrasse apenas no jogo. A partir do momento que eu estiver com os advogados vamos procurar nos inteirar do que foi dito, a maneira, com quais palavras… vamos estudar e tomar uma decisão. Nesse momento, qualquer coisa que eu falar aqui é muito precoce”, avaliou, celebrando a atuação no embate.

“Procurei separar, sei que é difícil, porque temos familiares. Nós que estamos no futebol absorvemos de uma maneira, e os familiares de uma maneira diferente. Mas não foi empecilho, trabalhei tranquilo e amanhã (quinta) vou me manifestar e tomar uma medida em cima do que ocorreu”, concluiu.